domingo, 22 de novembro de 2009

um pensamento, uma filosofia.

Ainda a procura do certo, que não me machuque ou mexa na ferida que tinha se fechado há um bom tempo, ainda tenho esperanças de certas coisas, mas esperanças bobas, em momentos ruins, que me chegam a alegrar... É, as vezes palavras e atitudes certas, mudam tudo. Sinto minha barriga borbulhar, meu sangue subir ao pensar no que mas me afeta nesse mundo. Estou crescendo, e me mudando a cada segundo, dia, e ano principalmente... cada aprendizado me muda, me ajuda, viver intesamente é o melhor, tudo bem que as vezes chego a delirar com pensamentos longes.
Edward Cullen, será que existe alguma versão dele em algum lugar, em algum lugar perto de mim? Só com mudanças, pensando aonde vou chegar com meus pensamnetos, minhas opiniões, e minhas lutas, acho que vou chegar aonde não imagino, ou até melhor.Brigas, reconciliações, enganações, amizade, um toque no coração, e uma espera. Tenho tanta coisa, porque ainda sinto falta de algo?
Final de ano, geralmente tudo era pra ser diferente, mas no hoje, está mais diferente do que pensei, tudo mudando, mudando pra melhor, coisas que cheguei a pensar por muito tempo, acontecendo. Todos mudando comigo também, da mesma maneira que estou mudando pra mim mesma, logo, o começo de um novo ano, de uma nova idade, de uma idade “clássica”, dos quinze anos.
Ainda vai ter muito o que mudar, muitas lágrimas a economizar, muitos sorrisos a aparecer...

segunda-feira, 9 de novembro de 2009

E então...

Isso me traz arrepios, pensamentos, e lágrimas querendo cair pelo meu rosto, mas simplesmente não as deixo cair. Tento ser forte quando acho que tudo está perdido, que eu estou perdida e sozinha, mesmo com muita gente ao meu redor, mas não é a quantidade que importa, é a afeição, o carinho, as coisas básicas, que geralmente, por mais básicas sejam, são o que mais faltam. “Pra quê ser básico?” Seria esse o pensamento da maioria dessas pessoas? É, as vezes certas coisas não fazem o menor sentido, nem a vida, nem a maneira que você anda se impondo a ela, principalmente quando acham que tem o direito de te tratar de qualquer maneira, como se fosse só mais um.
Questiono demais, penso demais, paro pra rever conceitos e pra impor minha opinião... Afinal, o que há com as pessoas que querem ser tão melhores quanto a gente , ou até mesmo nos humilharem e não perceberem que estamos mal?Ou será que percebem?

Tanta coisa, e eu só em pensamentos. Alguém pode me responder as minhas perguntas?

sábado, 24 de outubro de 2009

Abrindo os olhos pra realidade.

É, até quem a gente ACHA { só acha} que é nosso amigo, amigo do peito, melhor amigo, nos magoa, de maneiras que nunca iriamos imaginar... E começamos a ver coisas como “Porque já defendi essa pessoa?” “Porque ainda falo com ela?”, e coisas do gênero... Agora, NÃO, NÃO AGUENTO MAIS, ser maltratada até porque quem eu acho que são meus amigos?Acho que nem mesmo meus inimigos me magoam dessa maneira... Será que agora ninguém vê o significado de realidade, amizade, amor, humilhação, e tais coisas como essa?
Poderia ir na mesma moeda né?Mas sou uma pessoa sensível, delicada e PRINCIPALMENTE educada, coisa que essa pessoa INÚTIL não é, e ainda tá muito longe de ser... O que eu fiz?Chorei. Mas dá próxima, pode ter CERTEZA, vai ser na mesma moeda, cuidado.

segunda-feira, 19 de outubro de 2009

Um fato, uma vivência.

Quem diria que para uma garota de quartorze anos, passaria por tantas coisas?Tantos desafios, tantos momentos – bons ou ruins – que valeriam alguma coisa, me ensianaram algo, nem que fosse no futuro. Certas escolhas ou pensamentos da nossa vida, podem fazer mudanças a quais podemos não conseguir voltar atrás, e errando na escolha, podemos estar errando na vida.
Errando na vida, estamos errando com as pessoas, sendo injustos e os magoando, algo que desde o começo estávamos a tentar evitar. Amor, carinho, amizade, um abraço, a lágrima mais profunda... Nos confundimos demaiscom isso, e ás vezes, nem entendemos...

Talvez...


Ficando entretida com o meu computador, com conversas, à simples “viagens a outro planeta”, junto a isso, claro, música, o que me ajuda e atrapalha ao mesmo tempo, que me dá animação e sonolência, e principalmente, mesmo não tendo ABSOLUTAMENTE nada a ver, me lembrar de coisas que quero esquecer.
Que quero esquecer, desde o momento que percebi que estava pensando constantemente nisso, falando também, até que.. Quando não existia mais, em apeguei de pior maneira. Da maneira, que não consigo mais chorar, e sim, fechar os olhos e sonhar... Rio, para ter graça, para desviar o pensamento, transformando o sofrido no mais cômico possível.

Falamos coisas em vão, azemos também... Será que eu estou no pensamento de alguém?

Ausência.

Sinto ausência, ausência de algo, de um sentimento, de um palavra, ou até mesmo de um confiança... Me sentindo sozinha junto a multidão, o mal que os outros fazem ou pensam sobre mim, acabam me acertando de alguma maneira, uma maneira meio indireta, mas ainda acerta.
Tomando conta de tudo, ouvido a ouvido... O que realmente tá acontecendo? Pensei que meus problemas iriam se resolver, e junto a falsidade a minha volta sumir, mas ela está em todo lugar – até poderiam disfarçar.
Ausência de me sentir bem com algumas pessoas, ou em relação a elas.

Escolhas, decisões.


Ás vezes a vida é injusta com a gente, e faz coisas que queríamos acontecer, mas não no momento certo, e tudo se complica, se sensibiliza, e aí vem a escolha do bom e ruim, do certo e errado... Mas se na escolha não existe o ruim, e nem mesmo o errado? Só aquele medo de perder algo precioso, ou a pessoa importante venha a cair uma lágrima do seu rosto.
O pior é que ainda existem pessoas no mundo que tem o “dom” de confundir certas proezas com defeitos, tais como preocupada com insensível, seguir a vida, ser feliz, como má pessoa, ou algo do gênero, ou até achar algo, onde não há nada pra achar.
Então, sofro por ser diferente, pelo modo de não aceitar o mais fácil, ter um desafio, mas às vezes só queria ser igual as outras que só tem um amor, e nada de escolhas e decisões de que perturbam, e que a cada segundo a faça chorar.
A vida é difícil, e ainda faço questão de complicá-la e fica presa em quatro paredes, entre um e outro, entre o que devia pensar... Queria conseguir viver sem me preocupar.

quarta-feira, 7 de outubro de 2009

Meu presente...

Revirando a minha vida, meus pensamentos, objetos que já me apeguei... Me prendendo com coisas que não sei se voltam, e se o meu presente agora é o que eu quero pra mim, se das decisões que tomei até hoje se realmente não poderiam ter mudado meu presente, pra que essas lembranças fossem agora a minha realidade, e não me prendesse à coisas inexistentes.
Amor, acho que ainda me confundo com essa palavra, ainda maias quando se fala do passado, que geralmente venho a negar que nunca te amei, mentindo pra mim mesma, ou até falar "amei por amar". Também levo, o amor, a palavra, o sentimento, e a frase "Eu te amo" muito a sério, um minuto sem essa frase, ou sem conseguir enxergar isso nos olhos claros mais profundos, me despedaço, juntos com o meu coração, que necessita de um pouco de carinho, e um amor pra se orgulhar e dizer "É ele".
Apesar de achar que "ele" já passou na minha vida, ainda tenho esperanças de outros "eles"... Só tento não chorar.

Um dia cansativo.


Cansada de um dia difícil, e desse modo, ouvindo música, deitada numa beliche e se aconchegando no seu coração de pelúcia rosa, junto com seus pensamentos complexos, confusos e alguns, até inúteis.
Vontade de chorar por motivo algum, ou por um motivo bem escondido entre a alma e o subconsciente, mas que sei também que sou forte o bastante pra sorrir pra vida, inimigos, e os que me desejam mal, ignorando a minha vontade de chorar, e que não são eles que tem o pode sobre mim, e sim eu, por conseguir em momentos realmente impossíveis ter uma atitude dessas.
Caneta e papel na mão, um dom ao certo, que muitos tentem ter, e acreditam demais em ter algo que não existe – pelo menos, não pra eles.Atitudes que mudam, personalidade também, porque a sociedade rotula e "desrotula" tudo e todos?Por quê, pra quê consumismo, futilidade, pensamentos egoístas e errados?

quarta-feira, 30 de setembro de 2009

O que o tempo não é capaz de fazer...


Ele é capaz de fazer muitas coisas, coisas que mudam o seu estado de espírito em segundos, mesmo não entendendo o quê o tempo fez. Sendo trocada em pouco menos de 48 horas, por seres inimagináveis, ao meu ponto de vista... Mas sendo trocada para ser achada por outros - ou outro. A falta? Eu já sinto, ainda mais daquela amizade que parecia ser duradoura. De repente, pode ser só coisa da minha cabeça, eu espero.

Nada é por acaso...

Quatro palavras, que com o tempo comecei a cada dia acreditar mais, e sempre digo a alguém esta frase, para superar as coisas que acontecem na vida... E que vamos aprendendo a viver e superar, e ver o mundo de outra maneira.
Nós não estaríamos no mesmo lugar, com essas mesmas atitudes e mudanças, se as coisas não fossem por acaso, seja para aprender, pra mudar ou conseguir algo melhor.
Do gelado para o quente, do amor para o desprezo, do conhecimento a realidade... De vez em quando temos só que abrir os olhos e nos esforçar para não nos iludirmos, e não esquecer que NADA é por acaso.

segunda-feira, 28 de setembro de 2009

Organizando os pensamentos.



Hoje, ao chegar em casa, estava com o pensamento já longe, e então fui arrumar o meu quarto... E não viajava só na bagunça, como também em lembranças há muito tempo esquecidas, e que queria muito me desfazer delas, mas se já estavam presas ao meu coração, qual seria o problema de deixar comigo, a parte material?
Presa as coisas, a sentimentos, que fazem eu me sentir diferente. Chuva o dia todo, esses tipos de pensamentos, algo tão comovente e tocante, que chego a confundir o barulho de chuva, com o das minhas lágrimas caindo junto com o tempo que vem passar. O tempo realmente vai me ajudar? E me dar uma luz, no fato do que passou voltar a se realizar?
Sonhos, estratégias, mudanças, confiança, distância, sentimento – ou a falta dele – , amizade... Tudo ao mesmo tempo.

segunda-feira, 21 de setembro de 2009

Só parece...


É, acho que se não tomamos exatamente NENHUMA atitude em relação a um problema, ou simplesmente ignorar – Ou tentar ignorar – ele vai embora, e volta tudo a ser o que era antes, porque quem estava errado teve tempo pra pensar, e fazer a coisa certa, que é, se desculpar...
Mas no final das contas, nós mesmos nos perguntamos, pra quê, PRA QUÊ?Pra quê tanta briga, discussão, ignorância, pra depois tudo voltar ao normal? As vezes parece que isso foi em vão, saiu do lugar fez toda uma volta, pra depois retornar ao mesmo ponto, e tudo voltar ao que era.

A mágoa foi pra ficar na lembrança, as discussões como aprendizado, mas as vezes, certas coisas, certas atitudes, parecem ter ido em vão, e cria uma confusão no seu cérebro, um nó cego e, fica então filosofando sobre isso, mas será que só se baseia nisso?

segunda-feira, 14 de setembro de 2009

Me confunde.

Acho que naturalmente nunca fiquei tão aflita e confusa, como estou no momento, músicas me fazem pensar, ritmos lacrimejar, sonhos em acreditar, pesadelos em temer.
Pela janela do meu quarto, vão todos os meus pensamentos e minhas confusões, mas logo depois de algum acontecimento, alguma atitude – ou falta dela – os trazem de volta, seja pra me pertubar, ou acreditar em algo irreal – que porém, ao mesmo tempo, pode sim, ser real.

Aquele abraço que me falta, aquele carinho que não está aqui e agora comigo, aquele aconchego que desejo a muito tempo... Quando será possível?Por mais paciente que eu seja, a falta sempre prevelacerá, apesar de que isso não é uma coisa ruim, é força, força pra lutar, ganhar tudo, o merecedor, por mais que muitos estejam contra...

Acho que eu só quero mesmo, é viver, viver com o que quero ao meu lado – diretamente ou não – , ser feliz apesar de tudo.
Eu o desejo, eu o quero, quero estar aos seus braços, mas parece que tudo me confunde.

sábado, 12 de setembro de 2009

Vivendo.


Acho que simples notícias, simples motivações, simples coisas nessa vida tão confusa, tão cheia de coisas que ainda não encontramos no nosso caminho, podem e conseguem nos mudar, ou atitudes.
Porque nos abalamos por coisa fúteis na nossa vida?Não fúteis de coisas materiais, mas fúteis de sentimentos, de considerações... Porque um sonho nos alegra tanto, por um dia isso poder ser a verdade, ou um pesadelo nos abala tanto, nos perturba tanto a ponto de chorarmos, pensarmos e evitarmos pra que não aconteça?
Que simplesmente, poderíamos viver, sem as menores preocupações do que é, do que será, do que acontece, ou pode acontecer, sermos nós mesmo apesar de tudo, e se alguém não me aceita, com certeza não é a única pessoa no mundo que tem esse pensamento em relação a mim.
Quanto mais evitamos uma coisa, ela acontece, já perceberam isso? Evita uma pessoa, ela vem correndo pra você, evita um namoro, mas você muda de idéia e acontece... Essa não é a melhor maneira, a melhor maneira é relaxar, é deixar as coisas serem como tem que ser.
Amores, amizades, sentimentos, tudo tem um propósito, um dia o que quer agora, vai se realizar... Aquele sorriso irá te acompanhar em todos os momentos ruins, e mais ainda nos bons, aquela mão amiga vai estar com você, até no seu momento mais chato, ao que está transbordando de alegria, coisas que simplesmente são, e as vezes até mudam seu modo de pensar.

quarta-feira, 2 de setembro de 2009

Um sentimento.

Na maioria dos sentimentos , as vezes o confundimos demais, como por exemplo o amar e gostar, porque confundimos tanto esses dois sentimentos, geralmente queremos acreditar que o amor, não é amor, pelas más conseqüências que possam gerar, ou pensar que o gostar é amor, pois a outra pessoa nos ama.
Mas, porque simplesmente não sermos sinceros?Não escondermos dos outros, tentar nos ajudar, e ajudar aos outros também?O mundo não consegue fazer esses tipos de mudanças nas pessoas?Mudanças como “a aparência exterior não importa”, pra quê ter uma pessoa linda, tipo de modelo, sendo que por dentro se transformar num vilão pelas atitudes ridículas, e jeito insuportável? Nessas horas temos que pensar, se importa como a pessoa realmente é, como te trata, como é o sentimento entre vocês dois, e ignorar besteiras como a aparência, e se preocupar se é a pessoa que te faz o bem, o bem que sempre quis.
Em toda minha vida, amei pouquíssimas pessoas, e não conseguiram me dar o valor suficiente, não a minha bondade, as minhas atitudes, nem nada do gênero. Mas quando realmente menos esperamos, algo extraordinário, algo que realmente possa dizer que foi uma bondade de Deus com você, acontece... Acontece o sentimento, sem confusões, sem preocupações, se preocupando só com necessário, com o amor, com o que vocês pensam sobre o amor entre vocês... Agora, as outras pessoas, o que os outros pensam, pouco importa, a felicidade sua e dele, é o mais importante, e se os outros não aceitarem, problema deles.
Queria muitas pessoas fossem diferente do que eu veja todos os dias, essa futilidade, esse sentimento falso, essa “pegação” se importando somente com a aparência, não seria tão mais fácil esperar o amor chegar, ou ver como a pessoa é linda interiormente, e dar valor a ESSA beleza?O amor, o sentimento não é preciso ser desperdiçado dessa maneira, amar por amar, amar pelo motivo certo, por ser conquistado.

sábado, 29 de agosto de 2009

O fato...

O fato de que um dia pareceu ser perfeito pra você, só agora enxergas o quão boçal ele é, o quão amargo é e foi com você, depois que tudo aquilo deixou de existir, junto disto àquela perfeição inigualável sumiu dos olhos e corações de ambos, e então o sonh e foi, e mostrou que tudo era um pesadelo disfarçado.
O fato da amizade nem sempre ser o que pressupomos ser, a ferida do desgosto é maior, palavras nos ferem mais do que pudessemos imaginar.
O fato de que quando contemplamos céu, a estrelas trocam de lugar, outras maiores,e outras menores e outras simplesmente desaparecem... O que geralmente acontece conosco, em relação aos nossos conhecidos, eles se locomovem como as estrelas, mas ao contrário delas, nós escolhemos quem é digno do quê.

Ass: Dani

quinta-feira, 27 de agosto de 2009

what the hell is friendship?

Acho que sou bem diferente mesmo, como meu amigo disse; as maiorias das garotas são metidas, não sabem dar valor a muita coisa, e também – algo que perecebi na minha aula de artes – criticam os outros pra se sentir bem, e depois falam que a estúpida é você, chega a ser cômico – apesar de magoar – acho que imaturidade desse jeito, em plena 8ª série, faz mal.
Faz mal, tanto agora quanto mais tarde, que como muitas vovós dizem “ Vai aprender com a vida”, e apesar de nós adolescentes criticarmos boa parte do que os mais velhos da nossas famílias dizem, sabemos e aprendemo que muitas coisas tão certas. E é nessas horas que me pergunto “What the hell is friendship?”, acho que não é só falar que considera e um minuto depois te matar esfaqueada, a vida e as coisas dela realmente são um mistério, mas não choro por quem não mereça – pelo menos, não no momento – , ignorar às vezes dói, e pessoas assim merecem essa dor.

Ass: Dani.

terça-feira, 25 de agosto de 2009

Confusão.

Ás vezes minha cabeça está em outro planeta, mas não é um planeta qualquer, é um planeta inexistente – não é como marte, plutão, nem esses outros planetas... Existentes – pode-se dizer que ás vezes é o planeta da alegria, e outras da tristeza e sofrimento; é o planeta das minhas emoções, lembranças e mudanças também.
A cada notícia, pensamento, ou até um sorriso e ajuda da pessoa certa, esse mundo, esse planeta muda, mas ultimamente ele anda monótono e monocromático, nada novo pra mudá-lo, só o fato de me divertir de vez em quando, ou me sentir bem por uma mudança minha.
Emparedada numa só emoção, envolvida com muitas pessoas entre quatro paredes, onde só cabe eu e mais uma, algumas já saíram, outras não por completo, e poucas, muito poucas mesmo querem ficar, só não sei se eu as quero neste cubículo, nessas quatro paredes. Presa e solta ao mesmo tempo sobe muitas pessoas, será que isso só confunde a mim?Só eu durmo chorando, e acordo sonhando com o mais irreal acontecer, por causa de todos acontecimentos, todas essas pessoas?

Eu não sei de muita coisa, isso já não faz ajudar... nesta confusão

quinta-feira, 20 de agosto de 2009

Raridade?

Será que realmente sou única e tão rara de achar como muitos dizem?
Isso pelos gostos musicais – graças ao meu irmão – refinadíssimos, pelo meu jeito de ser e viver a vida de um jeito alegre e sociável – apesar das recaídas quando muita coisa dá errado, e a o fato de me importar muito com a opinião dos outros...
Até que me acho uma raridade, mas que sou muito difícil – quase um desafio – ninguém quer enfrentar esse desafio para me conseguir. A facilidade não traz boas coiass muito menso sucesso.

Me acho merecedora de quem enfrente esse desafio.

domingo, 16 de agosto de 2009

Aprender com a vida.


As coisas realmente mudam, nunca pensei que TANTA coisa podia mudar dessa maneira, seja de uma maneira rápida ou até mesmo diferente... Quem diria que eu mudaria tanto em relação, a minha mente, aos meus gostos, e até mesmo ao meu coração?Nem eu pude acreditar, quando me toquei de tantas mudanças, em tanto pouco tempo, isso porque a alguns meses atrás eu estava simplesmente reclamando de variadas coisas, sem nenhum sorriso no rosto, agora, PRA QUÊ isso? Tenho 14 anos de idade, e vou viver muito ainda na minha vida, do mesmo jeito que vou aprender muito também, como já tenho aprendido muito nesse 2009, que acho até que foi o ano que eu mais aprendi. Valor, é essa a palavra chave?Bem, as vezes parece, dê valor a si mesmo, nas coisas a sua volta, e a pessoas principalmente, porque se não valorizar os outros, ninguém vai te valorizar, o mundo gira, e tudo de ruim possa desejar a alguém, no final, pode voltar pra você. Então, antes de um pensamento ruim, ou até mesmo de uma critica, pense como VOCÊ se sentiria se fizessem isso com você. Aprendizagem... Só quando as coisas acontecem com você que você realmente aprende, e para com muita coisa, que AGORA vê que é errado.

quarta-feira, 12 de agosto de 2009

Quero a diferença.

O tempo esta passando, tudo está mudando, inclusive eu, mudando meus pensamentos, meu jeito, tudo, aos poucos, sem eu mesma perceber, mas a coisa intocável, que não muda, e não mudou até agora, só muda se realmente for preciso, é o meu coração.
Em relação a quem for, ele está, a procura do novo, a espera do anterior, e sonhando com o primeiro em meus sonhos, algo realmente dificil de explicar.
Mas não mais dificil pelo o fato de as vezes eu chorar do nada, e não saber porque, se é meu coração que está sentido, ou minha mente completamente abalada.
Queria saber de algo pra mudar, para me notarem, para eu realmente fazer a diferença...
Eu posso mudar a minha vida, só tenho que descobrir como.

domingo, 9 de agosto de 2009

Só mais um dos meus pensamentos ...

Amores, qual seria o significado certo pra palavra amor?Não acham que todos usam essa palavra – muitas vezes – em vão, como se fosse o mesmo que um cumprimento, mas isso pode fazer uma pessoa, tanto sofrer quanto aprender muito sobre a vida, pois como todos sabemos, ela é uma escola, que pra muitos, começa mais cedo, e é até mais difícil de passar – as vezes até alguns repetem de ano, nessa escola.
Sempre que ouço músicas românticas me ponho a chorar, tudo não está mais como antes, tudo mudou, eu tinha esperanças em outro, eu tinha esperanças que tudo pudesse mudar novamente, e do jeito certo, do jeito bom... Pra mim.
Ao mesmo tempo que sou uma pessoa nova, ainda tenho problemas, os mesmos problemas, mesmo tendo aprendido, parece que atraio esses problemas, mas se eu precisar amar, precisar sofrer, ou o que for por essa pessoa, eu vou, mudei sim – todos nós mudamos – mas certas coisas ficam, certas atitudes, e minhas atitudes, atitudes como essa de batalhar pelo o que eu quero, eu não vou mudá-la, e nem tirá-la de mim.
Será que todos esses filmes, esses livros, os personagens que chegam a perfeição não pensam o que fazem com a cabeça de nós, plenos adolescentes que estão a procura de um amor, mas esses livros e filmes, só nos iludem mais, como se algo como aquilo existisse, nem que fosse em outro raça, outro planeta.
Quero encontrar o certo, o bom pra mim.

terça-feira, 4 de agosto de 2009

Coração, razão...

Umas horas simplesmente estou sendo conquistada por um novo sentimento, por um novo indivíduo. Tudo tão bonito, olho para o mundo de um jeito diferente, respiro um ar diferente, me sinto mais livre pra viver coisas que antes não eram possíveis, mas guardava pra mim mesma, eu quero ser eu apesar de tudo, e quero alguém que me aceite assim, que não tenha que fingir nem que seja uma coisinha perto dessa pessoa, mas acho que essa pessoa veio a existir a poucas semanas na minha vida, na verdade, acho que ela já existia, mas vi a importância dela a pouco tempo.
Mas toda noite, toda tarde, e toda vez que fecho os olhos, ouço uma música, vejo fotos, nomes, ou que for, algo me faz me lembrar dele, das lembranças nossas, que me dão aquele frio na barriga, e aquele aperto no coração, porque eu sei que nada daquilo vai voltar, é o medo de já ter te perdido por completo, sim o sentimento novo está aberto, mas o seu também, e tenho tentando de todas as maneiras tirá-lo de mim, mas mesmo que seja pouco, ainda choro por você. O uso como exemplo, o nosso “suposto” amor como exemplo também...
Todas as noites tenho pensamentos básicos a inevitáveis na minha vida, então fecho os olhos e tenho os básicos, que foi como o meu dia foi gratificante e diferente do que eu imaginaria, também o inevitável, duas pessoas na minha vida, no meu coração também, lembranças e decisões, agora tenho que usar o coração e a razão.

quinta-feira, 30 de julho de 2009

Refletindo...

Estão lembrados do fato "mudanças&darumtempoaotempo"? Pois bem, tudo isso foi feito, mas foi meio que em vão, vamos dizer.
Foi em vão pra ele, que queria uma mudança, teoricamente "um tempo", fiz o que ele indiretamente pediu.
Nada com nada, foi a situação final, ele ficou com uma garota, procura ela; Enquanto eu, aqui, só fico a espera de uma ligação, uma preocupação, ouvir a voz dele! Será que nessa batalha ELA está ganhando? - apesar de ser só atração, algo inútil.
Nesse tempo de viagem, houve preocupação e etc... Mas quando voltei, parece que não fiz a mínima diferença.
Parece que agora, o dom dele é me magoar.

E pensar que antes o dom dele era me fazer feliz...

Quem fala a verdade?Confiança, isso ainda existe?

ps. dia 29 o blog fez um ano o/

; Lembranças !

Sim, me lembro dos tempos em que CONSEGUIA ser feliz apesar de tudo - não que agora não consiga, mas esxistem algumas pedrasa pequenas e chatas ao meu caminho que eu não consiga passar.
Mas tem uma pedra - em especial - que me deixa em dúvida entre esperar algo, ou passar adiante. E fico nisso, com dúvida, lágrimas, e desespero... Mas só pra mim; Nessas situações ser "transparente" com as emoções só piora.
Bom, seja como for, que o final disso seja lago que eu já estaja esperando - bom ou ruim.

By: Dani.

segunda-feira, 29 de junho de 2009

Quando me ponho a pensar...

Qual é a pior fase da vida? A mais difícil?
Muitos falam coisas do tipo "Quando você crescer, ficar adulto, vai ver como é difícil", mas será MESMO que a fase adulta pode ser mais difícil de todas? Ou seria a adolescência?
É, a adolescência que sofremos cada vez mais, seja por amor, amigos ou qualquer outra coisa importante nas nossas vidas; acho essa a fase mais sofredora, porque ao mesmo que queremos aproveitar a vida, não pensamos o quão podemos sofrer com isso depois...

O que o amor nos faz.



Todas as noites não tenho dormido bem, todos os dias não tenho aproveitado o suficiente, e a alegria foi substituída por tristeza, tudo isso desde aquele dia que fez tudo em minha vida mudar...
Mudanças, que confesso, não foram muito boas pra mim, nem pro meu coração, que você nos tratou com descaso, desprezo... Será que só eu teria que mudar pra tudo isso dar certo?
Passo noites em claro, pensando sobre tudo que aconteceu e
ainda pode acontecer entre nós dois, deixando as lágrimas caírem junto com o tempo... Quem será que vai curar essa ferida, você ou o tempo?
Admito que tenho errado
demais em muita coisa, erro até mesmo na vida, no jeito de falar, de tratar. Mas sou brasileira, não desisto nunca. E algo que apesar de tudo não vou esquecer e nem desistir é do nosso amor, que espero que ainda exista.

domingo, 28 de junho de 2009

Férias diferentes.

Essas férias, pensei até que fossem as férias da minha vida. Claro, porque OI, minha família estaria mais legal, só deixarei amigos verdadeiros comigo, e o meu namorado...
Mas estava bem errada quanto à isso, pois a cada segundo TUDO pode mudar, amigos, namorado(s), e o que sobra?A família, que tenta te apoiar, tenta te ajudar, mas às vezes só traz mais tristezas e mágoas, coisas que você não queria.
Agora, minha férias começaram a 2 dias. Ontem?Fiquei a espera do acontecimento legal, que fiquei revoltada, triste, e tudo ao mesmo tempo por não ter acontecido, fiquei até a meia noite a espera...
Então, estou eu aqui no PC, ouvindo músicas *aleatóriamente* românticas, e pensando... Eu mudei, eu pensei, eu fiz planos pra minha vida, e pra gente, mas porque, PORQUÊ?Por que a vida quer estagá-los ou pelos menos não deixá-los durar por um tempo de eu dizer começou bem, e terminou melhor ainda apesar de não estar do jeito do começo?
Sim, admito meus textos são muito complexos e muito confusos... Só queria ter orgulho de mim mesma, fazer algo do jeito certo, daquele jeito que poucos entendem...
A partir de agora, como será as minhas férias?

sábado, 27 de junho de 2009

A ilusão.

O que a esperança e o pensamento positivo fazem com a gente?Nos trazem um ilusão básica, que vem de nós mesmo escolhermos se ela vai ou não aumentar.
Então, desde aí, vem mil possibilidades do que vai acontecer depois de tudo isso, algo difícil que por sinal você NÃO SABE o que pode acontecer, não sabe se os seus pensamentos estavam certos, se a ilusão REALMENTE era uma ilusão ou a verdade. Tudo pode nos pegar de surpresa.
Tudo como o fato, de coisas que você realmente não esperava, não enxergava, começou a ficar claro pra você, mas a clareza as vezes lhe faz chorar, lhe faz ficar triste, e ter dores, tanto na alma, como no coração.
Me diz, quem nunca sonhou, se perguntou por que tudo não era do jeito que você queria, ou até mesmo numa máquina do tempo?
Porque a vida é difícil, é um desafio, que não podemos desistir, apesar de que muitas vezes achamos que a solução seria SÓ desistir.
Mas somos mais fortes do que pensamos, mais fortes pelas atitudes, no jeito de agir e tudo mais.
Nas piores horas, sim, são essas horas que descobrimos quem são nossos amigos, que nos apoiam e sempre tentando nos deixar bem, ou até tristes, mas com a verdade pra já estarmos preparados pra quando recebermos ela.
Mas tudo isso, eu quero acabar com isso, quero um ponto final nessa história, ou uma simples vírgula, só não sei se isso ainda vai continuar ou não, ainda está nas reticências.

domingo, 21 de junho de 2009

Dar tempo ao tempo.

Algo inesperado – Pelo menos pra mim – , algo que doeu e ainda está doendo muito. Por um momento o meu coração parou, sentir que poderia morrer por causa disso – me sentir até fraca – , mas consegui ser mais forte do que eu mesma imaginava. E, ainda vou ser muito forte pra TUDO isso dar certo, do jeito certo.

Recomeçando do zero, sem nós mesmos percebermos... Tudo vai mudar, acredito em mim, em você, e sim, ainda acredito no nosso relacionamento.
Você me fez tão bem, e isso pode demorar mas vai continuar, espero o tempo que for.

O pra sempre, sempre acaba?


Quem acredita nessa frase tão popular no mundo?Eu, não sei mais de nada, só que ás vezes temos que ser mais fortes do que achávamos que conseguiríamos.
O sofrimento faz você enxergar muitas coisas, e melhorá-las, quem sabe eu não as melhoro e tenho a pequena chance do pra sempre durar o tempo suficiente pra tudo ser como antes?
Eu tenho fé, confiança... Tudo vai mudar, e todos irão se surpreender.

Saudade,

saudade da sua voz, das suas piadas, do seu olhar, do seu sorriso (apesar de vê-lo pouco), do seu beijo que me deixa nas nuvens, do seu carinho quando estou mal que me faz tão bem.
Saudade de você, de sentir os melhores sentimentos ao SEU lado, agora ficaria feliz até se estivesse aí, com você, brigando. ( fica até cômico)
Porque estou precisando tanto de você, não só eu, como meu coração e minha alma...
Te amo tanto, faço e faria tudo por você.

domingo, 31 de maio de 2009

Tempo de criança

Eu, aqui no meu quarto, no meu computador, fazendo coisas que são rotina como procurar coisas úteis na Internet, até que... Nas músicas que estou ouvindo, começa uma da Vanessa Hudgens, que eu não sei porque, mas simplesmente me fez lembrar de todos os anos passados, e me deu uma saudade daquela vida de criança, aquela vida fácil, aquela vida sem muito conflitos, sem se importar tanto com a aparência, sem se importar com os outros e só ser feliz. Já agora, isso já estar pra ser uma coisa difícil, mais inseguranças, mais medos, mais saudades, mais choros, nem tudo é tão simples; E pensar que naquela idade, o que a gente mais queria era crescer, o que a gente mais queria era fazer coisas de mais velhos, explorar, tem responsabilidade, e poder fazer tudo isso. Mas, será que era isso mesmo o que a gente queria?A gente simplesmente sonhava com a adolescência, com tudo perfeito, mas bem, não é bem assim.
Deu um aperto no coração, olhos cheios de água, pensamentos, sobre tudo que eu fiz, e não fiz, tantas saudades, convivências, amigos. Porque não podemos voltar a brincar de boneca que nem antigamente sem ninguém nos criticar, porque não podemos pensar na beleza interior ao invés da exterior sem ninguém no criticar?Porque agora a inveja, ou ciúmes fala mais alto? Porque tudo mudou desse jeito? Porque sentir essa saudade, se tudo tá tão bom... Saudade do tempo que tudo era mais inocente, apesar de tudo.

terça-feira, 26 de maio de 2009

Verdades

Ás vezes você sente AQUELA vontade de falar a verdade na cara de uma multidão? Mesmo que você chegue a ser inferior a eles, mesmo que você chegue a depois ser totalmente zuada por suas atudes, e estrague mais ainda o seu jeito, e ainda te deixe com mais raiva. Mas tem vezes que o que MAIS queremos é jogar na cara das pessoas TUDO que elas são, ou tudo que deveriam fazer pra melhorar, tudo por puro ódio, pura raiva, vingança; Porque depois que falam demais de você, te difamam e coisas do genero, você finge que não liga, pra eles pararem, mas por trás dessa pequena máscara, você esconde o sentimento de raiva, que imagina se você o soltasse?Acho que você iria passar por não-sã.
Ás vezes queriamos tudo diferente, a sociedade, os sentimentos, nós mesmos, nossas atitudes... Mas é a verdade, que temos que aceitar ....

domingo, 24 de maio de 2009

Ninguém mais, só você.

Ás vezes só queria o seu ombro pra chorar, só queria você do meu lado pra me fazer sorrir... Você faz coisas que NINGUÉM mais consegue chegar perto de conseguir, consegue me deixar feliz quando VOCÊ está feliz, consegue me fazer bem quando estou nos piores momentos, consegue ser masi essencial e melhor que a minha família, sabe me amar, como mais ninguém amaria.
Você sim é realmente o amor da minha vida, que mesmo quando não devia sentir sua falta, eu sinto, as vezes meu amor, tem tanta posse, mas tudo porque você fica no meu pensamento 24 horas por dia, fecho os olhos e vejo você, abro, e penso em você... Só tenho você no meu pensamento, no meu coração, e na minha alma.
Como te queria, aqui, do meu lado, pra me consolar, apesar de tudo, pra me fazer sorrir, pra me fazer rir, apesar de tudo, pra olhar nos meus olhos, com os olhos brilhando, e deixar tudo no meu dia mais mágico, mais colorida... Do jeito que ninguém, conseguiria

segunda-feira, 18 de maio de 2009

Why?

Por que ás vezes tudo aquilo tãão normal, tão simples, vira uma CATÁSTROFE?
Sei lá, ás vezes vem tantas perguntas e dúvidas á nossa cabeça, como sobre aquela doença do nada, aquele dia perfeito, a família do seu namorado, a saudade, a base de tudo.
Como do mesmo jeito que começamos a chorar do nada, nos perguntamos o porquê desse choro. De vez em quando a gente quer tudo diferente né?Mas será que esse diferente iria ser melhorou uma catástrofe maior ainda? Ás vezes nós queremos ser entendidos, compreendidos, da maneira que só a pessoa que te ama com todas as forças conseguiria entender e compreender, porque... As coisas não são tão difíceis como as pessoas tendem a enxergar.
As pessoas quase nunca pensam COMO elas se sentiriam se estivessem no seu lugar, se seria agradável, se iria ser justo... A sociedade quer ser compreendida, mas antes tem que fazer o mesmo pelas outras pessoas.
Só queria que fosse diferente... Diferenças que iriam ser iguais, mas com uma diferença que iria fazer um bem.

quarta-feira, 4 de março de 2009

Algo muda tudo.

Sabe aquele dia que por mais horrível que era pra ser você está achando divertido?Divertido estudar, divertido viver, divertido pular, divertido fazer coisas normais que antes te davam tanto tédio, e tudo por uma só única razão... Pelo o grande amor da sua vida.
Mas e se ele está diferente?E você está vendo isso nos olhos dele, e se algo muda tudo?
Sim, é meio difícil de entender. Mas as vezes o próprio amor da sua vida, não age como tal, não como você pensava que ele iria agir, e você começa a achar estranho, e vir o pensamento negativo, inseguranças, e do seu MAIOR medo acontecer, o medo de perdê-lo, o medo de sua vida simplesmente acabar, com a perca do seu maior troféu, da sua maior jóia, a jóia mais cara e inigualável de todas. Com medo que o próximo que pegue na jóia, transforme em simples objeto tosco e reciclável, e que aquele inigualável não exista mais.
Sim, vários medos, vários momentos, várias emoções, raiva, amor, carência, insegurança! Beijos, abraços, amassos, carinhos... E se você simplesmente perde TUDO por coisas idiotas?
Já pensou como seria a sua vida sem ele?Sem o porque de acordar, sem o porque de você dar um simples sorriso, sem o porque de se importar por coisas inúteis!Mas, são coisas temporárias, sempre temos um momento que pensamos nisso com uma loucura horrível, mesmo ele repetindo que isso é idiotice, mas impossível de não pensarmos certo?
Mas também pensamos no amor que temos por ele, que é TÃO difícil expressar, e mesmo assim, eles ainda ficam com ciúmes e tals. Nosso amor?Realmente inexplicável, o melhor, o que até a morte enfrentaríamos por ele .
Saiba que nunca vou esquecer que me ama, e não esqueça do meu amor por você, porque tudo que tenho por você é único e sempre será.

terça-feira, 24 de fevereiro de 2009

A vida nos traz surpresas.


O título já diz exatamente
TUDO certo? Porque assim, de boa... Num dia você ta hiper mal, querendo se matar (meio emotiva sabe?), e assim do NADA aparece “a” luz da sua vida, que pode ser muita coisa, e aparece aos poucos.
A luz da minha vida? A semana do meu aniversário eu podia dizer que estava sendo a PIOR, quando chega o dia 17/02/2009 (um dia antes do meu aniversário). E eu estava super animada, porque GENTE eu ia fazer 14 anos, tava super blaster master animada, apesar de ter tido alguns... Conflitos, mas lembrei das coisas boas e pá.
E lembrei do MELHOR, dia 16/02/2009 tinha conversando muito com um garoto, e tipo eu estava sentindo algo por ele, e esperei pra ver no que dava, mas SÓ pensava nele, ele, ele e... ele.
No dia 17/02/2009 ele foi ao colégio, e pá e fiquei SUPER cheia de esperanças, mas sei lá, elas foram morrendo não sei porque. No ônibus queria falar com ele, mas não conseguia, e ele olhava muito pra mim. Até que quando chegamos na casa do meu amigo (vamos todos embora juntos) ele falou pra mim se podia me acompanhar até em casa, eu quase tive uma morte lá mesmo HAHA, mas dei uma de ‘to nem aí’ e falei que claro com um sorriso meio nervoso.
Chega na minha casa ele me dá um poema eu quase morro, ele fala pra eu ler em casa, e acontece mó confusão, HAHA (resumindo um pouco) aí eu leio o poema na frente dele e ele pede pra FICAR COMIGO.
E agora? Agora estamos namorando, aliás, eu estou namorando o homem mais perfeito do MUNDO.

Isso já é uma grande prova, pra não ficar correndo atrás, e realmente deixar rolar, e ter pensamento positivo, que antes que você espere, tudo de bom vai acontecer.

Espero que alguém leia.

Ass: Dani

quinta-feira, 12 de fevereiro de 2009

A tradução de uma lágrima



Uma lágrima, pode ser traduzida muito facilmente, pode ser de alegria, risada... OU do pior de todos... A magoa, a tristeza.


Muitas vezes ficamos tristes por coisas que sempre pensamos que era o meljor da nossa vida, pessoas criam conflitos com você por NADA. Isso é irritante, claro.
Mas o que fazer?Enfrentar essa barra, tentar colocar a situação de uma maneira controlável, mas... As vezes é dificil, e você tem que partir pra um novo metódo, chamado de ' a dor de ser ignorado'.
Não tem nada pior que isso, pois você se sente mal, e ainda pensativo da questão que aconteceu, e vai entendendo o que aconteceu, por mais idiota, ou criança que você pareca ou se ache.
Só queria que tudo fosse diferente, meu aniversário tá chegando, e o meu presente foi a decepção, tudo por causa de coisas idiotas. Isso que dá ser boca aberta, e não conseguir segurar a opinião com si mesma

Ass: Dani

terça-feira, 10 de fevereiro de 2009

Arrependimento





Nossa, que coisa horrível que é o Arrependimento né? Você faz coisas sem pensar, com pressa, ou mesmo pensando em você, e tendo um pouco de egoísmo. Porém o tempo passa, segundos, minutos, horas, e você vai se torturando se sentindo mal com esse sentimento, até que uma hora você vai ter que falar ALGO pra pessoa, ou algo que tenha a ver com o arrependimento e arranjar uma maneira de se sentir bem.

Se bem que se sentir bem quando a questão é arrependimento é difícil, cada um tem a sua reação, tem os do "to nem ligando”, os do “COMO ISSO ACONTECEU --'?”, e os que simplesmente guardam pra si e choram, mas também depende muito da situação... Arrependimento, que sentimento péssimo, e de certa maneira bom ao mesmo tempo? Coisa confusa né? Pois então, pense, pare, perca seu tempo pensando pra não ter esse sentimento, e nunca faça nada por impulso”.
Ass: Daniela

domingo, 8 de fevereiro de 2009

Realmente Assustador ou ser a minha cabeça?


Hoje, meu dia foi legal, saí com a minha mãe e taals!

Alto estima lá no céu,. Ouvindo música, mexendo o cabelo, me olhando no espelho, e falando “como sou linda *-*”, essa foi uma parte do meu dia, que por começo foi... Bem boa!
O Assustador(ou não), começou um pouco mais tarde.... Fui a um chá de panela hiper divertido, mas coisas básicas, a quais na pude me “desgrudar”, não pude não enxergar, deixar invisível, fiquei pasma, meninas de 12, 13 anos com corpo de 18 a 20 anos. Acho isso tão exagerado, tão vulgar... Tão diferente e outro mundo, porque o meu mundo é outro, de outra maneira, a maneira certinha com seus erros básicos, mas sei lá, isso me deixou meio confusa, e com a alto estima não muito legal! E ainda, tinha uma garota de 12 anos, com esse tipo de aparência, que estava com uma roupa aparecendo todo o sutiãn, e ainda por cima ele era brilhante, e a menina se achando “a gata” com aquilo, e só olhando com uma cara de “MEU DEUS WHAT THIS IS?”.
Essa foi uma parte, depois fiquei um pouco melhor, ainda pasma, porém melhor. Mas, quando estava voltando pra casa, e o rádio estava ruim, pois estávamos numa rua onde não pegava mto bem, coloquei no mudo pra não ouvir aquele chiado, aí nós passamos rápido pela rua, mas pra mim, parecia uma eternidade, pois via os casais na rua, e me imaginava, como seria agora?E imaginava com era antes, e dava um arrepio e um negócio no coração, e dei um sorriso falso, pra voltar pra minha certa mentira de não me importar mais, sendo que o que eu mais queria é que tudo fosse um pesadelo, apesar de tudo.
Coisas assustadoras acontecem, mas dessa vez, essa me despertou!

quinta-feira, 5 de fevereiro de 2009

• Nos dias de hoje !



 Conforme os segundos, os minutos, os dias, as semanas e os meses passam, as coisas mudam, você pode ficar mais inteligente, mais "racional", mais vingativo, mais bonito (sério??), mais engraçado,
TUDO!
 Mudanças acontecem, sejam boas ou ruins, mas esse anos as ruins, ou melhor 'a' ruim acabou trazendo à minha vida mais coisas boas que eu esperava, ainda tenho certos conflitos, com certas pessoas... Mas faz parte né?(conflitos com os meus "amigos)
 Então, minha letra tá linda, estou indo bem no colégio (por enquanto, hehe), meu aniversário tá chegando, e sou linda ( alto estima alta, HAHA), tudo mudou e estou gostando dessa mudança, me sinto OUTRA! aee *-*
Nos dias de hoje tudo melhorou, graças a muitas pessoas! Muito obrigada, a quem estou agradecendo, claro que já sebem ! Mas que não está na lista de agradecimentos, não pense que está aqui, não se confunda

De: Dani

domingo, 25 de janeiro de 2009

Coisas dificilmente enfrentáveis.



Que coisas são difíceis de enfrentar pra vocês?
Acho que para uma simples garota de (quase) 14 anos, eu já enfrentei muita coisa na minha vida, desde a infância... Até agora, na adolescência.
Já enfrentei brigas de meus pais, meus avós, de ‘TODOS’, tenho até trauma de brigas. E tento evitá-las!
Isso, podemos dizer que é algo difícil de enfrentar, mesmo sendo desde pequena...
Com o tempo, vou enfrentando mais coisas, mais difíceis, e algumas ficam até...Fáceis, com o tempo, claro :)
Mas existem coisas que realmente, nós erramos uma vez, e na outra também erramos, só que de uma maneira diferente, sem você mesma perceber... Os maiores erros da minha vida, tem certos erros que eu não em arrependo porque eu aprendi MUITO com eles.
Agora, até que o erro não foi tão meu assim, aliás só errei de não ter feito o certo antes, e ele fez o errado pensando no certo, e achando que era certo, era a mesma coisa, mas pra mim estava mais certo do que pra ele.
É difícil enfrentar várias coisas.
Mas meu 2OO9 começou com essas coisas dificilmente enfrentáveis! E ainda estou tentando enfrentar. Enfrentar a hora que eu mais preciso dos meus amigos e eles não me dão a menor bola e me sinto inferior, mas tem a luz da esperança, e vem 3 ou 4 amigos me ajudar, olhar pra mim, gritar por mim, que fariam tudo mesmo por mim, me consideram muito, e por mais longe que a gente possa estar eles sabem que sempre vou precisar um pouco da ajuda deles, do ‘oi’, ou se não das bobagens & verdades. (esses são os que eu quero e preciso)
Enfrentar também, que a canalha não presta, que ele fez o mal pra mim, e eu tenho que ficar firme e forte... E me mostrar superior (ou não). E saber que NÃO, ELE NÃO É, NÃO FOI, E NUNCA VAI SER o cara ideal, o meu príncipe encantado ♥.
Porque pra isso tem que realmente merecer... Agora, eu to enfrentando, superando e tal.

E sei que o único sentimento que terei por você vai ser ódio nada mais.
Desde e o começo eu sabia que isso iria acontecer, sabia que tinha algo de errado, sabia que o meu 2OO9 seria diferente.
Agora eu vou mudar, você mesmo não vai me reconhecer... Vou ser mais eu, e vou mostrar a parte da Dani que somente meus verdadeiros vão aceitar...
Como a parte raivosa, a que fala palavrão, a que vai mal na escola. Porque eu não sou perfeita, e nem quero ser...Quero ser eu e viver.

Texto dedicado de coração : Alessandra Castilho de Souza Rocha, Luan Vendramin Anjinho, Irenice Gonçalves Pereira (minha mãe), Micaela Guimarães.

Obrigada amigos, obrigada inimigos também :), e você seu canalha... lhe agradeço por me fazer sofrer e aprender, mas certeza que não vai ser só eu que vou sofrer nessa vida

quarta-feira, 7 de janeiro de 2009

A pura verdade sem razão.

Nossa meu, como tudo muda né?Como tudo que você pensava, tudo que sonhava, temia... Será que tudo já estava acontecendo?E como você simplesmente tava dando uma de “entendedora boazinha” tudo ficou pior?
Sei lá, tantas perguntas, elas me deixam mais confusa ainda, e que confusão que estava havendo nesse lindo 2009 não?Mas tudo bem, percebi que já tem que ser diferente, e retirar umas coisas da minha vida e colocar outras...Ter mudanças, boas pra mim, minha mente, e meu coração ♥.
Pra todos que estão lendo, pode ser que seja uma indireta, ou tbm não...Pode ser milhares de coisas. É só o que eu estou sentindo e esclarecendo.
Não, não, eu não quero sofrer por isso, por coisas bobas, só tenho 13 anos, preciso aproveitar a vida!
Quero começar os meus 14 anos (dia 18 de fevereiro), de uma maneira despreocupada, calma, quero ser diferente sabe?
Não quero que esses problemas que estão comigo AGORA, fiquem comigo pra sempre, ou mesmo por um bom tempo, quero que ele acabe e tenha um ponto final, e tudo se resolva da maneira mais aproveitadora. É assim que tenho que fazer com meus problemas, conversar pra resolver, e se não der muito certo, até apelar.

Será que meu Edward Cullen existe?

domingo, 4 de janeiro de 2009

Dia especial




Hoje, foi um dia muito legal e especial, apesar de que uma das pessoas que mais deveria estar nesse dia não estava HAHA. Mas, isso não importa, pois eu, a Caah e o Gui nos divertimos muito, tentando ver o vidente, zuaaando os orkut de...Certos seres(?) haha, Vendo a cara de joelho diferente da Caah, HAHA (é poucos vão entender)...Saindo na rua, pra ver o mato, curtir a Caah me dando DEB --'(realmente, irritou legal) e muuuuuito mais, HAHA.

Nossa, quase esqueço o MAIS importante o menino dentuço, que nem consegue fechar a boca, e a Cecília ficou zuando, todo mundo riu, HAHAHA, e Orobó, meeeu deus, quanta brisa ;O’
Mas então, agradeço muito, pela a presença de pessoas importantes na minha vida, como a Caah e o Gui, que são hiper³ amigos ;D ..Pela a família tão prestativa, por tudo...O dia foi muito especial, mais ainda por saber, que foi uma forma legal, e pequena de comemorar o aniversário da Carol, que vai fazer 14 anos *-*’
Então, Obrigada Gui, Caah, e a família da Caaah.

Texto pequeno mas feito com o coração
Ass: Dani

quinta-feira, 1 de janeiro de 2009

  2009!


2009, ano novo, vida nova, problemas novos, confusões novas, pensamentos novos e etc...
----------------•---------------------------------•-----------------------------•-------
Meu primeiro problema de 2009 já começou (ê beleza), junto com a confusão, as dúvidas, as teorias, a decepção tbm (antecipada)!
Ele, sim ele está no problema, particulamente, não sei de mais nada, do nada um texto simples hiper complexo me preocupa, só por causa de eu ser o prisma dele, e tenho medo de que tudo que eu enxerguei nesse tempo seja pura mentira, ilusão, e decepção. Medo, que eu não seja quem você quer, esteja comigo por causa delam sei que pode ser bobagem, mas se não for?
Tenho minhas teorias, de amigos também e taals, e tento acreditar em alguma que não seja tão horrível, mas acabo acreditando em todas, e ficando mal antes de saber a sua verdade, a sua história.
Tenho saudades de você, seu abraço aconchegante, seu beijo ardente e seincreo, sua presença maginifica, seu olhar cativante e taals, me se tudo isso for uma mentira?E se pra você, isso tinha que ser pra ela?E se..E se tudo isso for um sonho que irei acordar e ver que você não é quem eu penso que é?E se...E se um monte de coisa.
Apesar de tudo, irei ganhar, irei batalhar, enfrentar esse obstáculo.
Eu só quero a verdade
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...