Ainda a procura do certo, que não me machuque ou mexa na ferida que tinha se fechado há um bom tempo, ainda tenho esperanças de certas coisas, mas esperanças bobas, em momentos ruins, que me chegam a alegrar... É, as vezes palavras e atitudes certas, mudam tudo. Sinto minha barriga borbulhar, meu sangue subir ao pensar no que mas me afeta nesse mundo. Estou crescendo, e me mudando a cada segundo, dia, e ano principalmente... cada aprendizado me muda, me ajuda, viver intesamente é o melhor, tudo bem que as vezes chego a delirar com pensamentos longes.
Edward Cullen, será que existe alguma versão dele em algum lugar, em algum lugar perto de mim? Só com mudanças, pensando aonde vou chegar com meus pensamnetos, minhas opiniões, e minhas lutas, acho que vou chegar aonde não imagino, ou até melhor.Brigas, reconciliações, enganações, amizade, um toque no coração, e uma espera. Tenho tanta coisa, porque ainda sinto falta de algo?
Final de ano, geralmente tudo era pra ser diferente, mas no hoje, está mais diferente do que pensei, tudo mudando, mudando pra melhor, coisas que cheguei a pensar por muito tempo, acontecendo. Todos mudando comigo também, da mesma maneira que estou mudando pra mim mesma, logo, o começo de um novo ano, de uma nova idade, de uma idade “clássica”, dos quinze anos.
Ainda vai ter muito o que mudar, muitas lágrimas a economizar, muitos sorrisos a aparecer...


Isso me traz arrepios, pensamentos, e lágrimas querendo cair pelo meu rosto, mas simplesmente não as deixo cair. Tento ser forte quando acho que tudo está perdido, que eu estou perdida e sozinha, mesmo com muita gente ao meu redor, mas não é a quantidade que importa, é a afeição, o carinho, as coisas básicas, que geralmente, por mais básicas sejam, são o que mais faltam. “Pra quê ser básico?” Seria esse o pensamento da maioria dessas pessoas? É, as vezes certas coisas não fazem o menor sentido, nem a vida, nem a maneira que você anda se impondo a ela, principalmente quando acham que tem o direito de te tratar de qualquer maneira, como se fosse só mais um.
Questiono demais, penso demais, paro pra rever conceitos e pra impor minha opinião... Afinal, o que há com as pessoas que querem ser tão melhores quanto a gente , ou até mesmo nos humilharem e não perceberem que estamos mal?Ou será que percebem?

Tanta coisa, e eu só em pensamentos. Alguém pode me responder as minhas perguntas?


Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...