Nós sentimos falta, sentimos saudade, de tanta coisa, que às vezes chegamos a não querer acreditar nessa saudade, por ser de um passado que no presente te machuca, ou por simplesmente dizer a todos que esqueceu.
Mesmo que de vez em quando isso, essa saudade, se emprigna na sua cabeça, de uma maneira descontrolável.

Às vezes, fazendo você pensar, pensar no que está acontecendo e como seria se o seu passado continuasse fazendo parte do seu presente da mesma maneira. Saudade de um amor, de uma pessoa, de um momento, de um carinho, de um choro histérico, daquele sono de princesa, daquele cabelo de quando era pequena, daquela amizade inesquecível que não existe mais, do tempo que passava mais devagar, das coisas baratas, das coisas mais inocentes, de um professor que marcou sua vida, de fotos da primeira série, daquela mochila que era apegada, de um olhar que te faz bem, a ajuda da sua mãe, horas no telefone, ou até de um erro que por um momento te fez bem.

Saudade de tantas coisas, em tanto tempo e tão pouco, na mesma vida, no mesmo momento. É uma coisa complexa que gostaria de entender, porque a sinto comigo todos os dias, por alguma das razões acima, ou até uma nova. Sem, é um momento meio nostálgico, mas são momentos que de certa forma me lembram momentos que aproveitei na minha vida, e me orgulho da de poder ter tido esses momentos.
Pena que não volta.


Deixe um comentário

Leia as Regras:
Todos os comentários são lidos e moderados, antes de qualquer coisa. São publicados os que respeitam as regras:

- Pode haver críticas construtivas, são sempre bem vindas, mas nada de xingamentos.
- Não venha no meu blog somente para colocar o seu link e propaganda, se eu me interessar eu vejo o seu blog.
- Comente coisas que tenham a ver com o texto.
- Nada de links de propaganda de loja, canal e afins.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...