quinta-feira, 30 de dezembro de 2010

Inesperado primeiro segundo do ano novo.

Estava na varanda do meu apartamento com vista a praia, com uma taça de Champagne em uma mão, enquanto na outra estava controlando meu ipod, porque queria ficar no meu mundo, apesar da festa de reveillon. Resolvi refletir nesse pouco tempo que ainda resta de 2010, aqui e assim, olhando para o mar e como as ondas se mexem.
A campainha e o telefone tocam a cada segundo, e pessoas novas passam a aparecer aqui, só que cada som, seja de campainha ou de telefone, iludem mais ainda meu pensamento e meu coração.
Me sentia estar desapropriada para o momento de passagem de ano, todos com roupas "recatadas" ( mais compridas que a minha, digo), de cores alegres e o cliché, obviamente o branco. Enquanto eu estava com meu vestido preto curtíssimo ao qual valorizava minhas coxas, um salto enorme de cor prata, meu cabelo preto e enrolado estava solto de maneira que caía em meu pescoço, com minha maquiagem carregada de rotina. Quem me via e não me conhecia, deveria pensar que ano que vem quero coisas tristes, mortes, sou emo, seilá. Mas sou simplesmente diferente, e pretendo acabar o ano diferente também.
No momento que estava indo pegar outra taça de Champagne, todos correm para varanda porque já tem babaca soltando fogos de artifício antes da hora, nisso, meu primo me fez o grande favor de derrubar Champagne em mim, mas fui educada, tão educada que dei uma risada alta daquela situação. Então peguei meu copo e fui para a outra varanda que mostra o outro lado da praia, o lado que não é prioridade para o resto, e menos importante.
E no meu canto solitário, banhada de champagne, olhando para o mar, e ouvindo minhas músicas serenas e pensativas, logo o tempo passou o suficiente para faltar segundos para o novo ano. Todos animados, mas animados pra quê afinal? Mais um ano de aprendizados à base de dor e ilusão? Mais um ano de falsidade?
Então todos gritam "CINCO, QUATRO, TRÊS, DOIS, UM... FELIZ 2011!"
No exato primeiro segundo do ano novo, meu celular toca. É uma mensagem, mas não uma mensagem qualquer, uma mensagem dele, que dizia assim: 
"Feliz ano novo, minha princesa. É tão difícil estar longe de você. Estou deitado no meu quarto revendo lembranças, enquanto todos da minha casa estão curtindo a grande festa de ano novo. Mas eu não consigo imaginar um ano novo, sem coisas do passado, como você. Pode parecer estranho, eu sei, eu te trouxe muita dor, mas eu posso ficar confuso, não posso? Eu estava tentando evitar sua dor, mas só trouxe mais e mais dor pra mim. Sei que agora pode ser tarde demais para palavras como essas, ou declarações, mas queria ser sincero com você, pelo menos no primeiro segundo de 2011, falando que eu te amo, e eu e meu coração nunca vamos cometer o crime de te esquecer."
E aquela menina pensativa, que estava resmungando do ano que vinha, que tudo ia ser dor, esqueceu todas aquelas palavras, e as viu como um surto de saudade. E ficou sorridente, é, no primeiro segundo de 2011 sorriu por causa do seu amor recuperado. 

Na verdade, recuperado não, porque ele nunca se foi ...

16 comentários:

  1. Apesar do final meloso, muito bem escrito, o texto ficou muito bom, e revela bem o sentimento do ano novo.
    Continue escrevendo.

    ResponderExcluir
  2. Ai que lindo seu texto! Eu fico meio assim nas viradas de ano (tanta festa pra quê?)... Mas o amor sempre nos dá novas alegrias! Amei!! To te seguindo... Se puder, dá uma passadinha lá no meu blog! Beijos...

    http://tchutchando.blogspot.com

    ResponderExcluir
  3. Não importa as roupas que usamos, mas sim o nosso estado de espírito. Muito bem escrito e bem amoroso. *-*

    ResponderExcluir
  4. Muito obrigada pelas palavras no meu blog. Voce não entendeu tudo que tinha lá porque eu não dei muitos detalhes, mas foi mesmo uma ''separação''. Obrigada por estar me seguindo também, e no que precisar, pode conversar comigo, estamos aqui pra isso. Um ótimo 2011 e muita força!

    ResponderExcluir
  5. Muitas pessoas acham que devemos ser iguais a todos. NÃAAAAO! Não podemos ser iguais.Pelo contrário, temos que ser diferentes.
    o Texto foi muito bem escrito e mostrou isso indiretamemte, ou diretamente, sei la! haha
    To seguindo :)

    abraço
    http://williamdearaujo.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  6. Passando só para divulgar o novo blog que faço parte: One Bitter Coffee. Entre e saboreie as delícias de um café amargo.
    Beijos ;*

    ResponderExcluir
  7. Noossa, que texto bacana!

    Sorte com ele no BLQ!

    Feliz 2011 para vc repleto de bençãos!

    http://manuscritoperdido.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  8. Nós devemos parar pra pensar as vezes e ver que a verdadeira felicidade está dentro de nós, e para ser feliz basta querer. Muito lindo seu texto. Adorei *-*
    Estou te seguindo também, e obrigada por me seguir. beijos

    ResponderExcluir
  9. éeee. ta bonito, se escreve muito bem Dani. #fato. Feliz Ano novo pra você, e meu, era eu na caixa da verdade. Tá, não era eu não. =D

    ResponderExcluir
  10. Esse texto mostra como no ano novo, de fato as coisas podem mudar né? Nem todo mundo tem essa sorte. E é incrível como uma única pessoa pode nos alegrar tanto, do nada.
    Se a gente acreditar tudo pode sim melhorar.
    Feliz 2011 *-*

    ResponderExcluir
  11. eis-me aqui, again!

    2011 começou e junto com ele, muitas coisas boas virão!

    forte abraço!

    http://migre.me/3oJRx

    ResponderExcluir
  12. Olá flor, gostei do teu blog.
    Me agradou e estou seguindo (:
    Se puder me segue também?
    http://amar-go.blogspot.com/

    Beijo.

    ResponderExcluir
  13. Belo texto de ano novo!
    O importante mesmo para um ano ser alegre e fazer de cada dia um motivo amais para sorrir é o amor...
    Ter paz, saúde amor é o mais importante o resto nós lutamos e conquistamos.
    Muito bom texto!
    Beijão, tudo de bom pra você!

    ResponderExcluir
  14. Nenhum amor se vai...todos ficam...alguns a gente se lembra e outros a gente se esquece... mas todos ficam.

    ResponderExcluir
  15. Oun, que fofo!
    Um final super lindo para aquela menina que estava apenas de olhos fechados, não é? (:
    Que 2011 seja repleto de sorrisos, flor.
    Um beijo.

    ResponderExcluir

Leia as Regras:
Todos os comentários são lidos e moderados, antes de qualquer coisa. São publicados os que respeitam as regras:

- Pode haver críticas construtivas, são sempre bem vindas, mas nada de xingamentos.
- Não venha no meu blog somente para colocar o seu link e propaganda, se eu me interessar eu vejo o seu blog.
- Comente coisas que tenham a ver com o texto.
- Nada de links de propaganda de loja, canal e afins.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...