quinta-feira, 7 de abril de 2011

Big mistake !


No ano de 2020, um amigo está sentado num banco de praça, junto do outro. E estão se lembrando do passado. Comentando no que podiam ter ou não ter feito. Estavam relativamente jovens para pensar nisso, somente 26 anos continham. Mas logo começou um diálogo :

— Em todos esses anos, quem foi sua vida? – Matheus, perguntou para Kevin, curiosamente.
— Quer que eu responde quem eu já achei que era a minha vida, ou quem realmente foi e ainda é? – Kevin ficou confuso, já com uma pergunta que nunca havia pensado, pedindo explicação ao seu amigo.
— Diga-me os dois.
— Está bem – ele começou a pensar em todos seus passos e lembranças, desde dos primeiros, lá no fundo do baú, há cerca de 10 anos atrás – Comecei dizendo a minha mãe, logo que aprendi a falar, depois para algumas garotas como Alice, Mirella, Amanda, Melissa, Laura, Marrie...
— Conte-me mais, sobre cada possível "sua vida" – Matheus o interrompeu, mais curioso.
— Alice, foi uma garota boa, numa hora ruim. Estava perdido no mapa, me segurei nela, e disse que ela era minha vida para não ter que me perder novamente. Mas depois acabei me perdendo sozinho – Ele voltou a pensar, e viu como alguns erram demais, e o que erro traz. Com lágrimas guardadas dentro de si,
tentando provar uma força que não havia. Pensou também, que não diria todas as garotas, pois algumas eram descartáveis – Amanda, foi por carência, como várias outras.
Sara, foi a minha primeira namorada na adolescência, ela me ensinou e explica tanta coisa para eu seguir em frente, me ensinou como a vida era, e me marcou bastante. E como todo primeiro namoro, seria inevitável não dizer "você é minha vida". – Na hora que disse dela, foi inexplicável sua reação, parecia uma nostalgia ao qual o fazia paralisado.
Mirella, foi depois de Sara, justamente para esquecê-la, não sei até hoje se isso foi algo que deu muito certo. Me esforcei pra esquecer, pra que tudo ser como se ela fosse minha vida. Meu amor, mas realmente será? Era isso que eu queria?
E tem minha noiva Lau...
— Que acredito que ela seja sua vida, não é? – Matheus o interrompeu pela segunda vez.
— Para lhe ser sincero – Seus olhos se encheram de lágrimas, por tudo que errou, por ter sido tão cruel no passado. Era praticamente uma criança, estava crescendo e não sabia o que podia esperar da vida, e começou errando. O que fez com que estivesse no seu maior sonho, se casar, com seu pior pesadelo, não ser com quem deveria – Não. Não foi Alice, Mirella, Amanda, e infelizmente, muito menos a Laura.
Minha vida foi quem eu fiz questão de destruir por ser uma criança imatura, um adolescente sem cabeça pra pensar no que estava fazendo, querendo curtir as babaquices da vida. Não tinha força pra lidar com problemas, e situações difíceis. Ela foi quem me ensinou o que é chorar por uma pessoa, seja de felicidade ou de alegria. O coração bater forte com sua presença, sua voz, ou até com só uma foto. Que o medo de perder e querer ter é chamado ciúmes.
Que querer proteger é carinho. Me ensinou o que nunca iria aprender em nenhuma escola, e nem com qualquer outra na rua. O que é o amor, amar e ser amado. Em troca lhe dei sofrimento, e todos sentimentos ruins, sim, a iludi, pois acreditava demais no meu amor, mas me desabei depois de ver que o mundo não era tão lindo como faziam nossa cabeça. Sinto tanto remorso por mim mesmo. Ah Sara, me desculpa, se você soubesse! Ah, se soubesse.
— Mas ...– Não pode terminar a frase, pois Kevin teve que continuar aquele momento de reflexão. O interrompendo antes mesmo de começar.
— E o pior de tudo, é que amanhã vou me casar. Com a Laura, não com a Sara.
 E minha vida deve estar perdida por aí.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Leia as Regras:
Todos os comentários são lidos e moderados, antes de qualquer coisa. São publicados os que respeitam as regras:

- Pode haver críticas construtivas, são sempre bem vindas, mas nada de xingamentos.
- Não venha no meu blog somente para colocar o seu link e propaganda, se eu me interessar eu vejo o seu blog.
- Comente coisas que tenham a ver com o texto.
- Nada de links de propaganda de loja, canal e afins.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...