Estava brigada com sua inspiração há semanas. Suas maiores fontes de tal eram a escrita e a moda. Muitos papéis foram jogados fora, e muitas palavras desperdiçadas aquela semana. Não diria desperdiçadas, mas a cada vez que juntava palavras como fonte de inspiração, elas se perdiam dentro do caderno perdendo o seu sentido real. E a moda, ah! A moda. Não conseguia desenhar algo inspirador, vestir algo inovador, e nem inovar o que já havia caído, se sentia perdida sem a inspiração que sempre ficou dentro de sua doce alma.
Resolveu então brincar com suas roupas velhas e tentar inovas, um jeito novo de chamar inspiração. Porque a inspiração adora uma boa brincadeira. Pegou seus jeans mais velhos e que havia esquecido da existência para então transformar. E passou horas brincando com a tesoura, tecidos e agulhas. Grand finale: Um short esportista meio surrado, e um jeans rocker surrado e rasgado. Bendita santa inspiração, voltou com doce vigor! Que não se vá, pois você motiva a vida de Isabelle. Não mais do que a fonte de toda a inspiração que há, um ser como inspiração! Volte todo dia e bata à sua porta querida inspiração. Não a deixe na mão.
Você sentiu a felicidade de Isabele ao ver que você havia voltado. Ao ver que tudo deu certo, e não perda de tempo como as falsas esperanças sempre a mostravam. Ah, falsas esperanças! Essas sim poderiam evaporar, virar fumaça. Mas grudam que nem chiclete.


Deixe um comentário

Leia as Regras:
Todos os comentários são lidos e moderados, antes de qualquer coisa. São publicados os que respeitam as regras:

- Pode haver críticas construtivas, são sempre bem vindas, mas nada de xingamentos.
- Não venha no meu blog somente para colocar o seu link e propaganda, se eu me interessar eu vejo o seu blog.
- Comente coisas que tenham a ver com o texto.
- Nada de links de propaganda de loja, canal e afins.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...