Ela se sentia mais confusa que o normal, o aniversário dela foi tecnicamente destruído  um pouco antes   o outro lado estava confuso também.
Houveram sonhos bizarros, sinônimo a outro por um toque. Parecia querer ter mais atenção, pois acontecia o que nunca acontecera antes. Por fora tentava demonstrar alegria pelo seu aniversário, mas por dentro chegava a sentir uma dor no peito. Se sentia errada — apesar de não haver motivos. A tristeza realmente tomava conta. Era trêmulo dentro de si.
Parecia uma crise de existência, talvez inferno astral. É, novamente um dia mudando tudo. Planos e "Desplanos" foram por água a baixo. Não era sério, não era prioridade. Porém era confuso. Marrie não queria estar confusa na véspera dos seus dezessete anos.
Tudo parecia dar errado, até com uma simples lapiseira, que parecia estar confusa igualmente a ela. Não queria funcionar, e se funcionasse, seria pouco. 


Deixe um comentário

Leia as Regras:
Todos os comentários são lidos e moderados, antes de qualquer coisa. São publicados os que respeitam as regras:

- Pode haver críticas construtivas, são sempre bem vindas, mas nada de xingamentos.
- Não venha no meu blog somente para colocar o seu link e propaganda, se eu me interessar eu vejo o seu blog.
- Comente coisas que tenham a ver com o texto.
- Nada de links de propaganda de loja, canal e afins.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...