Passou a semana sem escrever, desenhar, disposição, vontade de se mover. Já não bastava a pressão típica de 3º colegial, havia a de semana de provas, que qualquer erro parecia ser destrutivo. Sim, ela estava exigindo demais de si mesma. Mais do que aguentaria.
Estudava pelos cadernos e computador. Em volta havia bagunça, roupa jogada, livros espalhados pelo chão, canecas sujas de café, embalagem de chocolate, prato com resto de sanduíche, bolas de papel jogadas e acumuladas por toda parte. Dores de cabeça, olheiras, sem tempo de se cuidar e se pressionando mais ainda. Parecia uma máquina.
Cansada de ter que ser uma máquina, tentava voltar ao mundo criativo, havia um bloqueio. Para o mundo os estudos, havia um bloqueio. Era tedioso. Houve uma prova que tirou suas esperanças e forças, com questões só de vestibular — a prova de física — e não soube, se desesperou e teve vontade de chorar.
Como diria Renato Russo :
"Estou trancado em casa e não posso sair
Papai já disse, tenho que passar
Nem música eu não posso mais ouvir
E assim não posso nem me concentrar
Não saco nada de Física
Literatura ou Gramática
Só gosto de Educação Sexual
E eu odeio Química
"
"Você tem que passar no vestibular
Você tem que passar no vestibular
Você tem que passar no vestibular
Você tem que passar no vestibular
"
A parte de odiar as matérias, não se encaixava nela. Mas era esforçada. Ainda havia aquele medo e pressão descontrolável.


Deixe um comentário

Leia as Regras:
Todos os comentários são lidos e moderados, antes de qualquer coisa. São publicados os que respeitam as regras:

- Pode haver críticas construtivas, são sempre bem vindas, mas nada de xingamentos.
- Não venha no meu blog somente para colocar o seu link e propaganda, se eu me interessar eu vejo o seu blog.
- Comente coisas que tenham a ver com o texto.
- Nada de links de propaganda de loja, canal e afins.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...