domingo, 18 de novembro de 2012

Uma carta de Natal.

Não era mais uma doce e inocente criança. Estava mais perto da fase adulta, à um passo. Porém, como o Natal estava tão perto, e suas esperanças estavam a flor da pele, voltou a acreditar em papai Noel. E então lhe escreveu uma cartinha, com a mesma inocência que aconteça de uma criança:

Querido papai Noel,

Primeiro, queria me desculpar por ter te esquecido por tanto tempo, pra ser sincera, parei de acreditar no senhor. Mas de repente veio uma luz de esperança em mim e aqui estou de novo.
Te peço com muito carinho no coração, paz. Paz entre povos, família, todo o tipo de paz. Queria sinceridade nos meus relacionamentos, ou pseudo relacionamentos. Que as pessoas começassem a usar o coração. Ah, isso seria tão bom. Agir com ele. Aceitaria me machucar, se a pessoa tivesse certeza pelo coração. Eu sei que são coisas muito difíceis, baseadas em sentimentos, mas eu sei que seu poder é forte. Senti sua falta papai Noel.

, Marcela.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Leia as Regras:
Todos os comentários são lidos e moderados, antes de qualquer coisa. São publicados os que respeitam as regras:

- Pode haver críticas construtivas, são sempre bem vindas, mas nada de xingamentos.
- Não venha no meu blog somente para colocar o seu link e propaganda, se eu me interessar eu vejo o seu blog.
- Comente coisas que tenham a ver com o texto.
- Nada de links de propaganda de loja, canal e afins.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...