Qual o intuito de se fazer personagem para alguém? Para a vida? Ou até para você mesmo e acreditar esta é a realidade? Vamos dar cara a tapa, mostrar quem somos de verdade, por mais que desgostem, doa, machuque você e aos outros, uma hora a verdade vem a tona,  por mais que seja bom nas artes cênicas ou criativo com suas histórias.
Marcelo era um desses, há vários personagens em si, que nem ele próprio sabe quem ele é. Conta histórias que não condizem com as suas atitudes, um hora é o romântico incorrigível, a procura do amor, que só faz as coisas corretas. Outra, o típico "pegador" que quebra corações e não se importa com os sentimentos dos outros à não ser os próprios prazeres. Também existe o clássico psicólogo melhor-amigo de qualquer um, seja de desconhecido à melhor amigo de fato, o sabe-tudo dos conselhos. Marcelo só esqueceu de o psicólogo de si e retirar as máscaras de seu rosto, antes que tais passem a fazer parte da sua vida.


Deixe um comentário

Leia as Regras:
Todos os comentários são lidos e moderados, antes de qualquer coisa. São publicados os que respeitam as regras:

- Pode haver críticas construtivas, são sempre bem vindas, mas nada de xingamentos.
- Não venha no meu blog somente para colocar o seu link e propaganda, se eu me interessar eu vejo o seu blog.
- Comente coisas que tenham a ver com o texto.
- Nada de links de propaganda de loja, canal e afins.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...