Sabe quando você tá doente e todo seu pessimismo vem? Está acontecendo. Mas dessa vez, de uma maneira que nunca antes. Não sei se minha cabeça já está duplicada ou quadruplicada de preocupação, minha imaginação ou uma preocupação real. Um medo real. Quer dizer, o medo é real, porque estou sentindo em todas as minhas veias.
Assumo, estou pensando no pior dos piores. Pensando que vou ficar internada, não vão descobrir o que eu tenho. Ou quando descobrirem, será tarde demais. E só restará eu e eu mesma, aos prantos, enfrentando todos os meus maiores medos, assim, puft, de uma vez só. Quero me convencer da maneira que tento convencer aos que estão ao meu redor, de que eu estou bem. Alguns acreditam, se convencem, mas só estou mentindo pra mim mesma, e pros outros. Talvez eu esteja bem, talvez seja um drama, uma tempestade em copo d'água. Mas nunca me peguei chorando de desespero, como foi. Os médicos tentaram me fazer acreditar que estava tudo bem. Fiz exames. Diversos deles. E se um exame faltou, e se um exame não foi cogitado? E se? E se? Será que eu vou sobreviver? Será que vou ficar dias num hospital, ou dias numa cama? Será que terei desmaios de fraqueza? Serei que ficarei em observação? Terei uma doença rara? Ou uma não tão rara, mas tão grave quanto?
Eu vou morrer. Eu sinto. Sinto que não está tudo bem. Meu corpo está me passando sinais que não consigo entender mais. Choro escondido debaixo do cobertor. Choro escondido trancada no banheiro. E ah, no banho me desabo. Vendo esse sintoma filho da puta rolar e aparecer. Fingindo estar tudo bem, sorrindo, confiante e positiva, pra não machucar e piorar mais os que amo. Só eu mereço esse drama e talvez tempestade no copo d'água. Seria em vão preocupar tantas pessoas se não fosse nada, e se for também, afinal, pra que tanta dor acumulada?


Deixe um comentário

Leia as Regras:
Todos os comentários são lidos e moderados, antes de qualquer coisa. São publicados os que respeitam as regras:

- Pode haver críticas construtivas, são sempre bem vindas, mas nada de xingamentos.
- Não venha no meu blog somente para colocar o seu link e propaganda, se eu me interessar eu vejo o seu blog.
- Comente coisas que tenham a ver com o texto.
- Nada de links de propaganda de loja, canal e afins.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...