terça-feira, 10 de junho de 2014

Close your eyes.

Aquele era um dos breves momentos de reflexão e paz na vida de Madeleine. Vinham seus melhores pensamentos, reflexões, idéias, e soltava tudo que a vida não deixava a mostra no dia a dia. A hora do banho. Daquela água quente saindo pelo chuveiro e passeando pelo seu cabelo, e pelo seu corpo também.
Mas naquele dia, estava pensando nele, enquanto passava o shampoo em seu cabelo, da maneira que ele tinha ensinado, fechava os olhos, e imaginava ser suas mãos em seu cabelo. Aquelas mãos delicadas e amorosas. Mexendo em seu cabelo com o maior carinho, imaginou cenas, imaginou palavras e momentos. Ao passar o condicionador, lembrou-se das piadas e dos risos nos banhos, do sorriso e do calor que água lhe dá.  O arrepio dos pés a cabeça. Talvez um sentimento de acolhimento. Arranhava seu próprio corpo, sentia o próprio corpo na imaginação de ser ele, uma brincadeira boba em momentos de saudade e talvez até de crise. Estava cheia de medos. Que a fazem agir de maneira que nem ela entende, nem se reconhece.
Imaginou o corpo no seu. As mãos fazendo massagem em suas costas que já não aguentam mais tanto e tanto estresse. Uns beijos talvez, no pescoço. Na testa como sinal de segurança. Um carinho na nuca, na sobrancelha, quem sabe. Um abraço forte que fariam seus seios pularem. Tudo sendo levemente imaginado para tentar tirar essa taquicardia do seu coração, tal que se passa pelo corpo inteiro, cabeça principalmente, com dores e mais dores ouvindo seu coração bater desesperadamente por ajuda. Só queria que não passasse só de imaginação, aquele calor aconchegante. 

Um comentário:

  1. Uso dizer que a ideia de escrever nasce em daqueles momentos que os ideais da mocidade arde ardentemente em nossos pensamentos como uma chama que o tempo nao pode apagar.....sendo assim estendo-te o convite de fazer parte do meu blog.... Deixo-te um bj demorado no coração

    ResponderExcluir

Leia as Regras:
Todos os comentários são lidos e moderados, antes de qualquer coisa. São publicados os que respeitam as regras:

- Pode haver críticas construtivas, são sempre bem vindas, mas nada de xingamentos.
- Não venha no meu blog somente para colocar o seu link e propaganda, se eu me interessar eu vejo o seu blog.
- Comente coisas que tenham a ver com o texto.
- Nada de links de propaganda de loja, canal e afins.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...