domingo, 30 de novembro de 2014

Ganho de vida.

Caralho, você me faz chorar de emoção e esbanjar de um sorriso maravilhoso, faz com que eu perca meu dia inteiro pensando em você, quer dizer, ganhe meu dia inteiro. Passar um dia sem você, que na minha mente eu planejava passar é difícil. Faz falta, faz muita falta e fico repassando cada momento bom juntos . Também imagino, o que poderia estar fazendo se estivesse ao seu lado, e o que você está fazendo já que não estou. Está se divertindo horrores mesmo assim? Ou está entediado com tudo isso? Sem ter meu aval pra zuar cada um dos seus amigos.
Ai menino, eu sei que tá chato já tantos textos e mais textos escritos para uma pessoa só, como diria Clarice Falcão "Hoje eu falei pra mim, jurei até, que essa não seria pra você e agora é". Posso conversar sobre o assunto mais aleatório do mundo, que de alguma maneira eu vou te enfiar nesse assunto, já faz parte de mim, já me apeguei, agarrei... E ó, vou te contar um segredo, não pretendo soltar não. Na minha mente já imagino até meu aniversário ao seu lado, pois tudo fica tão mais mágico, feliz e diferente. Não é a mesma coisa sem você aqui. Roubando de suas palavras, com você eu me sinto viva e longe, eu apenas existo.
E ah, o destino foi tão legal com a gente. Quem imaginaria que da maneira que nos conhecemos iria acontecer tudo isso? Quem imaginaria que ia durar mais do que só um dia, só um beijo? É bom existir ao seu lado, digo, viver e descobrir da vida ao seu lado. Cada dia eu descubro mais o quanto eu gosto de você, e da sua importância. 

sábado, 29 de novembro de 2014

You're my angel

Menino, você é meu anjo e não vou cansar de dizer isso. Você é meu companheiro, meu amigo, melhor amigo, meu psicólogo,  e as coisas fluem de uma maneira tão natural. A gente pega intimidade fácil, assim, num piscar de olhos, se abre fácil um com o outro, confia, entende. É surreal. É besta dizer tudo isso, pareço uma maluca vivendo no meu mundo de utopia. Mas tudo isso é real, está acontecendo. Eu te conto todas as histórias da minha vida, todos os meus traumas, meus medos. Sua missão é me ajudar e de uma maneira tão gostosa, conversa sobre tudo, sobre meus medos, e por mais que eu chore, me paralise por causa de alguns problemas você só quer me ver feliz e me ajudar. Você é lindo, carinhoso, todos os adjetivos mais belos e honrosos que existirem.
Às vezes eu me sinto boba, tonta... Por chorar por nada, estar na tpm, meu drama que não sei como você aguenta. Aliás, você diz que eu brava é fofinho e me dá aquele abraço gostoso. O beijo na testa. Ri da minha fofura. E eu só fico toda sem graça sempre que fala de tantas coisas boas que eu trouxe a você, o seu sorriso, o bem, tudo. Você cuida de mim como ninguém. 

 Orgulho de ter você na minha vida, posso me gabar que eu namoro um anjo. 
Pode me mostrar suas asas?

segunda-feira, 24 de novembro de 2014

Além do óbvio.

Você diz eu te adoro, eu gosto de você, eu gosto pra caralho de você. Todos, com uma certa frequência, e isso é bom. Os eu te amos ficam mais valorizados, pois pouco são ditos. Mas quando estamos entrelaçados num abraço, num sorriso ou até mesmo num olhar, é o momento surpresa, menos esperado e você solta essa onda tão gostosa de sentimento. Você diz. A frase de impacto. Não que eu já não saiba em todas suas atitudes, carinho, abraços e beijos. Na proteção, no ciúmes bobo ou não. No jeito que beija minha testa, segura minha mão. No jeito que ri de mim, diz que eu sou linda, ou conta uma mentira que eu sempre acho que é verdade. Em querer me ajudar, e agora até me ensinar a dirigir. Com uma paciência, e com um carinho.
Se isso e muito mais não é amor, o que seria? É algo tão nosso, e isso deixa mais bonito. Deixa real. Não acredito muito no que é gritado pro mundo. Eu gostaria de gritar por orgulho, admiração, porque também é um puta sentimento que tenho por você. Está na parceria, na amizade, nos xingamentos bobos, nas briguinhas por causa do meu drama e meu mimimi, você me aguentar em fim de semestre e de tpm também. Meus olhos sorriem, meu corpo, minha mente. Discutimos sobre política, filosofia, arte, filmes, série, tatuagens. Dos assuntos mais cultos aos aleatórios.
Eu me emociono com a sua maneira, as variadas maneiras de dizer uma coisa só, de demonstrar. Me emociono quando diz, e sempre saem palavras bonitas. Quando pensamos sobre o destino, e quão sortudos os dois somos, e sai da sua boca elogios, dizendo que só está sendo sincero. Sou sortudo, você é muito legal, uma menina muito legal... E um eu te amo num sussurro.

"— Você me faz tão bem
— Vai ser assim pra sempre
— Pra sempre é muito, uns seis meses vai, um ano? Dois? Cinco tá bom? Dez.
— Eu acho tão legal esses amores jovens que vão pra frente"

domingo, 23 de novembro de 2014

É de brilhar os olhos.

Posso confessar uma coisa? Não é nada do que já não tenha te confessado, mas tenho essa mania de reforçar cada vez mais tudo de bom que vejo em você. Me apaixono por cada parte sua, e estou sempre descobrindo uma nova. Até mesmo aquelas que muitos não achariam lá essas coisas ou sequer apaixonante eu esboço um sorriso no rosto.
Você é tão bom com crianças, e isso me cativou mais ainda. Fez com que meus olhos brilhassem. É, você dá risada, acha fofo e engraçado esses prototipos de gente, tão pequeninos. Você é tão divertido que tem essa alma linda de criança que faz com que elas gostem só de te olhar. Brinca com carrinho, de guerra de travesseiro, traz a risada que ecoa pelo cômodo, tanto minha, sua ou de quem quer que esteja ao redor. Sabe acalmar, abraçar, conversar. Sabe entender a criança. Vejo o sorriso da criança, eu vejo a saudade, o apego, e até o amor tão sincero e puro. E não é qualquer um que esboça isso na inocência doce de um pequeno ser. É especial.
Ah, parece besteira dizendo assim né? Mas já te disse que já tem pontos infinitos comigo a cada parte sua que eu descubro, e essa me fez derreter de paixão e de amor por você. Mais ainda? Pois é, não me canso de me apaixonar, e o senhor não se cansa de me fazer apaixonar. 

Talvez seja sua pentelhice que te deixa tão próximo das crianças... Sabe, você vai ser um ótimo pai.

quarta-feira, 5 de novembro de 2014

Nas entrelinhas.

Ele era do tipo raro que amava sem dizer eu te amo. Estava implícito. Estava nos gestos. Se preocupava como nunca alguém se preocupou. Queria protegê-la, e nisso, conversava sobre todos os assuntos, problemas e dúvidas. Desejava o seu bem, e seria capaz de ajudar e apoiar em tudo, inclusive nos seus medos, lado a lado enfrentando o que quer que fosse.
Eram pequenos detalhes que em cada um dizia eu amo você com aqueles olhos brilhando. Dizia que ela era muito legal, como nenhuma outra. Pois ria das idiotices, pentelhices e até aguentava o seu estresse. Falava o quanto ela era fofa de tantas maneiras diferentes, até mesmo pedindo desculpa sem estar errada. O jeito fofo que ela ficava com sua camisa ou até mesmo com a sua bermuda, elogiando o quão confortável é roupa de homem.
Ah...Os elogios! Parecia mentira, ela ria e ria de tanta vergonha e emoção. Um dia ele falou que ela é uma menina encantadora, que conquista as pessoas. Linda. Fofa. Adoro sua risada. Adoro seu sorriso. Até cantar versos de tribalistas deitados num sofá já estava acontecendo. O jeito de se olhar, admirar, mexer no cabelo.
E tem a vontade também. Crucial. Desde o primeiro olhar, primeiro beijo e toque. Que casal que tem a vontade um do outro. Tudo é desculpa. E olha que ela é uma garota que odeia desculpas, mas desse tipo, do tipo bom, era inovador. Desculpa pra se ver, pra se querer, pra se gostar. Tudo era desculpa para ser feliz juntos. Vontade de pular no colo sempre que se ver, encher beijos da cabeça aos pés, rir e sorrir até não acabar mais. Gostosa. Delícia.
Até mesmo a maneirar de zoar, de brincar mostrava todo esse lado de dizer com atitudes. Joga-la da piscina. Rir porque não sabe mergulhar direito. Brincar igual crianças. Falar da altura de treze daquela garota de dezenove. Rir das bobagens. Fazer cócegas. Abraçá-la. Boba. Tonta. Ridícula. Gorda. Gordinha.
Um anjo que caiu ali, pra ficar na vida daquela doce garota. Dizer eu te amo era pouco, era clichê. 
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...