Ela era aquele tipo de menina que sempre que acontecia algo em sua vida – Principalmente com um garoto -, corria para contar para suas amigas, ao qual davam suas opiniões – mas só opiniões –, mas ela as ouvia demais, e sempre fazia o que elas diziam, e concordava sem ao menos pestanejar. Até que ela resolveu mudar.
Aprendeu que tem que se ouvir os amigos sim, mas só ouvir. Porque quem está passando pela situação é você. E quem resolve é você também, e de sua maneira. Até porque, alguns amigos, não eram bem amigos. Alguns mentiam. Logo, enquanto todos os amigos diziam o que ela fazer e só um dizia que iria a apoiar no que fosse, ela resolveu pedir a sua opinião.

— Miguel, o que acha que eu devo fazer? – Perguntou ao menino
— Eu ? – Respondeu surpreso.
— Sim, você. Porque a surpresa?
—Ah, porque, você nunca pediu minha opinião Samanta! Mas me sinto honrado de servir dessa vez, além de só escutar. Sobre o que está acontecendo, eu diria pra seguir sua intuição, seu coração, e sua razão. É, tudo ao mesmo tempo. Primeiro tem que descobrir o que há em comum entre elas, e chegar nesse ponto. E faça suas escolhas, mas converse principalmente. Às vezes há de ser pura falta de comunicação.
— Ah, que profundo Miguel! Não sabia que tinha pensamento assim. Obrigada.
— Por nada.

Foi isso que ela fez, ouviu a opinião do único que sempre se calava, e não era intrometido em sua vida. E descobriu que ele era profundo e sabia muito mais da vida, do que ela mesma imaginava. Talvez por tê-la vivido muito, e ninguém ter percebido essa vivência, ou por simplesmente só ouvir. Ele era sincero, profundo, fazia Samanta rir. Samanta não enxergava. Não enxergava muitas coisas. Ao qual ele via há muito tempo.

(...)

Ps. Se quiserem continuação, digam por favor. Estou pensando numa.


5 Comentários

  1. Imagino muitas coisas que você possa continuar nessa história, então sim CONTINUE!
    Ótima semana pra você...
    Beijos.

    ResponderExcluir
  2. Olá, boa tarde!

    O Blog "Compartilhando Literatura" vem com a proposta de (apenas) compartilhar textos (de todos os generos, de autores conhecidos ou não) com todos os apreciadores da boa leitura.

    Se quiser compartilhar seus textos (ou de um autor que goste) conosco, nos envie, juntamente com o titulo e o link do seu blog, para o contato/email que está no perfil do "Compartilhando Literatura".

    Seu texto será postado junto com o nome/link do seu blog.

    Será um prazer recebe-la (o)!

    Forte Abraço.

    ResponderExcluir
  3. Gostei do texto, do blog, de tudo. Parabéns, sério. E... e continua, quero ver essa Samantha aí -q

    Seguindo.

    http://tripolaress.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  4. Gostei...
    Merece segunda parte sim!
    Escutar o coração é necessário, pedir opiniões também, mas qual dos dois escutar só você pode decidir.
    Boa reflexão.

    ResponderExcluir

Leia as Regras:
Todos os comentários são lidos e moderados, antes de qualquer coisa. São publicados os que respeitam as regras:

- Pode haver críticas construtivas, são sempre bem vindas, mas nada de xingamentos.
- Não venha no meu blog somente para colocar o seu link e propaganda, se eu me interessar eu vejo o seu blog.
- Comente coisas que tenham a ver com o texto.
- Nada de links de propaganda de loja, canal e afins.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...