terça-feira, 14 de julho de 2015

Homofóbica dentro do armário.

Não sou de assistir novelas, mas as notícias correm pela nossa querida rede internet e escândalos mais ainda! Quem não ficou sabendo do burburinho que a novela Babilônia fez? Não sabe de qual novela eu estou falando? Aquela que tem duas senhoras que se beijam e maior problema das pessoas é porque elas são senhoras e se beijam, sabe? Porque idosos não se amam, pelo pensamento dessas pessoas...
A família tradicional brasileira, pessoas mais velhas e os próprios idosos infelizmente ainda concordam com esse absurdo dessa polêmica. Ainda existe o discurso de que é uma escolha, não tem nada a ver com genética, que não é normal, classificações de pessoa normal e não normal e muitas dúvidas na cabeça dessas pessoas. Já participei de conversas com todos esses temas juntos e é dela que vou tratar.
A conversa começou com uma senhora dizendo o quão achava um absurdo aquelas duas senhoras se beijando na televisão, junto do argumento que o problema não é elas serem lésbicas, mas sim idosas lésbicas... Como se a pessoa não envelhecesse, como se fosse só uma fase de um jovem rebelde querendo irritar a mãe. Meu argumento? Perguntei se ela não envelheceu com que seu marido, se eles ainda se beijavam e qual era a porra da diferença (sem o porra). Só se ouviu silêncio, até que a situação podia sim piorar! Começar a dizer que não era normal mas apoiava, já foi em bar gays e até deixava pessoas que não são normais entrarem na casa dela... Se fosse homofóbica, nem deixaria. Nossa que belo argumento!

Que vontade de partir para agressão, mas haviam dois empecilhos: Ela era uma senhora, e (in)felizmente fazia parte da minha família.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Leia as Regras:
Todos os comentários são lidos e moderados, antes de qualquer coisa. São publicados os que respeitam as regras:

- Pode haver críticas construtivas, são sempre bem vindas, mas nada de xingamentos.
- Não venha no meu blog somente para colocar o seu link e propaganda, se eu me interessar eu vejo o seu blog.
- Comente coisas que tenham a ver com o texto.
- Nada de links de propaganda de loja, canal e afins.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...