,De repente ela quis se sentir loucamente apaixonada por aquele garoto, pois ela sabia que no final das contas esse seria o melhor para ela. Ela sentia isso nele, ele era uma pessoa legal, seu amigo, sentia que uma surpresa – não tão surpresa assim, pois ela conseguia deduzir facilmente as coisas – estava por vir, e principalmente, queria se sentir apaixonada por Hugo, porque ele cuidaria e curaria as feridas de seu coração. Julieta precisava de alguém para isso, depois de tantas lágrimas em vão.
Logo, chega o dia da surpresa não-surpresa. Julieta está sentada no banco do pátio do colégio, lendo o último capítulo de Romeu e Julieta – O livro favorito dela, não só por ter o mesmo nome da personagem principal, mas pelo enredo todo. E pela pouca esperança que ainda restava de encontrar seu "Romeu". – Hugo, vai em sua direção e diz :

Julieta, eu posso não me chamar Romeu, e não ter qualidades como tal, mas posso fazer a nossa história ser melhor que a sua história favorita? Saiba, que ao contrário desta, nunca vou te abandonar. – Ele disse, com muito amor e carinho, olhando em seus olhos castanhos esverdeados.
— Isso foi um pedido de namoro? Pois eu aceito. – Julieta o abraçou.

Se sentiu confortável ao seu lado, e sabia também que ele iria curar-lhe


Deixe um comentário

Leia as Regras:
Todos os comentários são lidos e moderados, antes de qualquer coisa. São publicados os que respeitam as regras:

- Pode haver críticas construtivas, são sempre bem vindas, mas nada de xingamentos.
- Não venha no meu blog somente para colocar o seu link e propaganda, se eu me interessar eu vejo o seu blog.
- Comente coisas que tenham a ver com o texto.
- Nada de links de propaganda de loja, canal e afins.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...