Você me incomoda. Mas me incomoda muito. Sinto lá no fundo das minhas entranhas. Me incomoda sorrindo. Chorando. Positiva. Negativa. Não suporto mais ouvir meu celular tocar e ver o seu nome. Não atendo o telefone, pois não suporto a sua voz. Você grita, você se exalta, você surta. Você tentando me irrita, porque falha. Você falhando também me irrita. Destrói meu dia. Meu mês. Meu ano e minha vida. O bom vira ruim. Me sufoca com a sua saudade. A minha é mais longa, e nem sinto que posso respirar. Você bonita, você arrumada, cheirosa, não dá. Você pode se virar do avesso. E as brigas? Ah, é uma atrás da outra, e depois volta atrás. Como se nada tivesse acontecido. Mas aconteceu. Sua fraqueza ou sua pseudo-força. Não dá. Irrita. Muito mimimi. Muito não vou aguentar. Muito vou lutar agora que não adianta mais. Muitos mal entendidos. Aponto o dedo sim. 
Você me incomoda tanto que te amo. Você me incomoda tanto, mas eu te amo.  
Será? 


Deixe um comentário

Leia as Regras:
Todos os comentários são lidos e moderados, antes de qualquer coisa. São publicados os que respeitam as regras:

- Pode haver críticas construtivas, são sempre bem vindas, mas nada de xingamentos.
- Não venha no meu blog somente para colocar o seu link e propaganda, se eu me interessar eu vejo o seu blog.
- Comente coisas que tenham a ver com o texto.
- Nada de links de propaganda de loja, canal e afins.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...