segunda-feira, 27 de outubro de 2014

Our universe

Numa noite qualquer de primavera, estamos deitados em sua bela cama. Abraçados, entrelaçados, corpo a corpo, com carinhos e olhar apaixonante de admiração. Fazemos carinho no cabelo, no rosto, na boca, braço, costas, seios e pescoço também. Pêlos eriçados de arrepio. Nos olhamos fixamente com direito à sorrisos de canto ao escancarados, direito a bochecha rosada de vergonha, batimentos cardíacos mais rápido.
Falamos sobre presente e futuro. O bem que um traz ao outro, a felicidade, a leveza e intensidade. O quão surreal chega a ser esse relacionamento que saiu da minha zona de conforto — e não veja isso como uma coisa ruim, meu caro leitor, porque foi a melhor coisa que já me aconteceu — , a confiança, o coração batendo rápido, ligar o foda-se para o que os outros pensam.  
Conversamos por horas, que não pareciam horas, pois o tempo parou. Aliás, o tempo para quando estou com você. Os problemas somem, o mundo some, as pessoas, é como um universo novo e paralelo onde só existe você e eu. Um universo que não estou acostumada, mas é bom de se viver ao seu lado. É gostoso me sentir tão viva ao lado de alguém.
O seu bem, me faz bem. O seu sorriso, me faz sorrir. O seu brilho nos olhos, faz com que os meus brilhem. É tão novo o que eu sinto por você, que às vezes me bate uma vontade louca de gritar do alto de uma montanha.
"— Lindo
— Linda... E fofinha"

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Leia as Regras:
Todos os comentários são lidos e moderados, antes de qualquer coisa. São publicados os que respeitam as regras:

- Pode haver críticas construtivas, são sempre bem vindas, mas nada de xingamentos.
- Não venha no meu blog somente para colocar o seu link e propaganda, se eu me interessar eu vejo o seu blog.
- Comente coisas que tenham a ver com o texto.
- Nada de links de propaganda de loja, canal e afins.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...