quinta-feira, 4 de novembro de 2010

O rapaz se chama confusão.


Então, esse rapaz se chama confusão, e ele está dentro de cada homem, mas nessa situação, está no corpo de Renato, e Renato está triste e pensativo, sintomas da confusão, obviamente. Em suas mãos há uma foto do que acabou, por decisão dele, e agora chora e pensa dentro de um quartinho sujo e velho, alugado pelo pouco dinheiro que havia sobrado de suas economias, pois ele foi expulso de casa, depois de deixar oportunidade saírem andando à sua frente, e não agarrá-la, e sim soltá-la.
Depois de reparar por muito naquela foto de paixão, amor e carinho entre dois sexos, Renato pegou no telefone, ao qual tinha uma aranha em cima, a retirou de lá, e discou o número de sua amada, então o telefone, chama, chama e chama. Logo, a mãe dela atende, Renato pergunta por ela, com um certo desespero e arrependimento, com urgência a falar com ela. E a mãe, só diz "Renato, ela está no hospital, não conseguiu aguentar tal impacto".
Desde aí, a confusão foi embora do seu corpo, para dar espaço à mágoa, que por si só, é muito parecida com a confusão, e o fazia ter pelo menos cinco minutos de seu dia para sentar, olhar o retrato dos dois, e querer desabar.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Leia as Regras:
Todos os comentários são lidos e moderados, antes de qualquer coisa. São publicados os que respeitam as regras:

- Pode haver críticas construtivas, são sempre bem vindas, mas nada de xingamentos.
- Não venha no meu blog somente para colocar o seu link e propaganda, se eu me interessar eu vejo o seu blog.
- Comente coisas que tenham a ver com o texto.
- Nada de links de propaganda de loja, canal e afins.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...