sexta-feira, 16 de maio de 2014

Não me permito enxergar. Só sonhar.

Não uso óculos. Quer dizer, deveria estar usando nesse exato momento, mas não uso. Não em casa. Por que? Porque prefiro viver no meu mundo fechado, no meu arco-íris cheio de unicórnios, e coisas fantasiosas. Viver no mundo do sonhos, do conto de fadas e amor adolescente. Viver qualquer coisa que me faça sorrir e faça com que meu coração pulse de uma maneira boa. Prefiro tudo isso, do que enxergar o que me espera ao chegar em casa. O que me espera ao tentar falar com alguém que amo. O que é o amor, pra que enxergar? O amor é o que a gente enxerga sem o óculos, porque com ele, é só mais uma coisa que vai te machucar no meio das outras. As pessoas também. Os sentimentos que ela envolvem ou fingem envolver. É quase como se você tivesse que manipulá-las pra você ser feliz e elas também. As pessoas fogem da felicidade e eu tento encontrá-la tirando o óculos da minha face todo dia.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Leia as Regras:
Todos os comentários são lidos e moderados, antes de qualquer coisa. São publicados os que respeitam as regras:

- Pode haver críticas construtivas, são sempre bem vindas, mas nada de xingamentos.
- Não venha no meu blog somente para colocar o seu link e propaganda, se eu me interessar eu vejo o seu blog.
- Comente coisas que tenham a ver com o texto.
- Nada de links de propaganda de loja, canal e afins.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...